segunda-feira, 13 de março de 2017

QUADRA CHUVOSA Açudes recebem aporte, mas situação hídrica do Ceará não melhora significativamente



Somente na sexta-feira (10), os 153 reservatórios monitorados pela Cogerh pegaram 17,1 milhões metros cúbicos de água

O açude Maranguapinho sangrou no último dia 4 ( Reprodução )

A situação hídrica do Estado do Ceará não teve melhora significativa com as precipitações registradas desde o início da quadra chuvosa, em fevereiro até agora. No dia 27 de janeiro, o volume de toda água acumulada nos 153 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão Hídrica (Cogerh) era de 6,3%. Agora, até a sexta-feira (10), esse volume passou para 7,33%. somente em um dia, os açudes receberam aporte de 17,1 milhões de metros cúbicos de água. Na soma total de 2017, já são 285,10 milhões de metros cúbicos. A capacidade total do Estado é de 18,64 bilhões de metros cúbicos e atualmente apresenta 1,36 bilhões de metros cúbicos.

De acordo com o boletim diário da Cogerh, nesta sexta-feira (10) foram registrados aportes em 65 açudes, destacando-se os açudes Acarape do Meio, Angicos, Araras, Ayres de Sousa, Castanhão, Edson Queiroz, Figueiredo, Frios, Orós e Pentecoste. Estes aportes permitiram que os açudes Fogareiro, Gerardo Atimbone, Junco, Premuoca, São Domingos II e Tejuçuoca deixassem o volume morto e que os açudes Canafístula, Jerimum, Pau Preto, Penedo e Umari deixassem de estarem secos. Dois açudes estão sangrando: Caldeirões e Maranguapinho.

O Castanhão, nosso maior reservatório, está com 5,43% de seu volume total de 6,7 bilhões de m³. Em janeiro, esse percentual era de 4,95%.

Segundo a Funceme, neste sábado (11) choveu, até às 10h30, em 93 municípios cearenses, com destaque para Guaraciaba do Norte, com 86mm; Pires Ferreira, com 81mm; Ipueiras, 68mm; Cedro, 65mm; Quixeramobim, 65mm; Lavras da Mangabeira, 63,5mm; Ubajara, 59,6mm e Ararendá, com 59mm.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...