terça-feira, 20 de novembro de 2018

V Semana da Matemática da Urca em Campos Sales

Campos Sales vive a V Semana da Matemática da URCA-Unidade local.

Evento que ocorre na escola profissionalizante Presidente Medici,  até o dia 23.

Semana foi aberta com a presença  da banda de música,  Lauro Honorato e a orquestra de acordeons, Sanfonas do Nordeste, do Conselho de País.

A palestrante da abertura foi a professora da UFCA - Universidade Federal do Cariri, Silvana Alcântara.

Presentes também :

Felipe - Coordenador Acadêmico da Urca;
Elisajangela Lucas - Diretora Geral da Urca;
Cicefran Carvalho - Coordenador do Curso de Matemática da Urca; professores: Ronald  Feitosa, Lilia Santos, José Augusto, Samia Oliveira, Maria de Fátima, Wilson Iris, Esau Alves e Leopoldina.

Por Carlos Alberto Albuquerque - Radialista.







Auto Escola Principal em todo Cariri Oeste

População de Salitre, Araripe, Potengi e Antonina do Norte, já podem contar com serviços de formação de condutores em diversas categorias de habilitação.

No ultimo dia 07 de novembro, o Departamento Estadual de Transito- Detran do Ceará,  finalizou o processo de autorização para funcionamento dos Postos Avançados da Auto Escola Principal nas Cidades de Salitre, Araripe, Potengi e Antonina do Norte.  Agora a população desses municípios e adjacências já podem contar com atendimento diário nos serviços de aulas práticas e teóricas para primeira habilitação, renovação, reciclagem, reabilitação, adição e mudança de categoria. Isso representa um grande beneficio para Toda a Região, em especial aos beneficiários dos Programas CNH RURAL e CNH ESTUDANTIL, ambos promovidos pelo Governo do Estado do Ceará.
Colaboração : Tiago


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

CALDEIRÃO | Prefeito Vianney anuncia atrações artísticas da ExpoCaboclos 2018


Publicado por: Danilo Bezerra

O prefeito de Caldeirão Grande do Piauí, João Vianney de Sousa Alencar, anunciou na tarde desta quarta-feira, 17, as atrações artísticas da 9ª edição da Feira de Caprinos e Ovinos do município, denominada ExpoCaboclos, que acontecerá no período de 15 a 18 de novembro, na fazenda Algaroba, situada na comunidade Sítio Caboclos.

Promovida pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e em parceria com a Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos, a ExpoCaboclos é considerada uma das maiores feiras do segmento no interior do Piauí. Realizado anualmente, o evento envolve a cadeia produtiva caprinos e ovinos do município, além de criadores, compradores e empresários do ramo, inclusive, de outros Estados do Nordeste, promovendo um grande intercâmbio.

“Nossa Feira tem se destacado em vários aspectos e registrado um crescimento a cada edição, por apoiar o pequeno e o grande produtor rural, oportunizar grandes negócios, fomentar a economia local e promover entretenimento à população de Caldeirão e região. Milhares de pessoas visitam o parque nos quatro dias da Feira.”, disse o prefeito Vianney.

A Feira de Ovinos e Caprinos de Caldeirão Grande conta com vasta programação. São cursos, exposição e concurso de cabras leiteiras e de peso para caprinos e ovinos nas raças Santa Inês, Dorper, Boer e Anglo Nubiano, com uma premiação total de 15 mil reais. O julgamento acontecerá no sábado, dia 17, a partir das 9h. Segundo a organização, a entrada de animais no Parque acontece nos dias 15 e 16 de novembro, até às 24h, mediante a apresentação dos certificados zoosanitários (GTA).

Outros atrativos são a culinária, com comidas típicas regionais comercializadas em diversas barracas espalhadas pelo parque, e os shows artístico culturais, que acontecerão nos dias 16, sexta-feira, com os artistas Lamarck e Alvino Luz, e no sábado, 17, com Toca do Vale e Forró Maior.



Ao anunciar os primeiros detalhes do evento, o prefeito Vianney destacou o apoio do deputado estadual Georgiano Neto, que destinou recursos para a realização da Feira. “O deputado Georgiano abraçou o nosso projeto e se tornou um grande parceiro da ExpoCaboclos.”, pontuou.

A programação completa será divulgada em breve pela organização. Mais informações poderão ser obtidas pelos telefones (89) 99413 6333 – Marcondes; 99407 7166 – Ananda; e 99918 7219 – Manoel Eugênio.

Rádio Cidade na Final de Futebol Amador das Cajazeiras 2018

CONEXÃO NO FUTEBOL:
Equipe 630 de Esportes da Rádio Cidade AM de Campos Sales, mais uma vez esteve na final do Campeonato do Sítio Cajazeiras, no município de Salitre.
Apoiado pela Administração do Prefeito Rondilson Ribeiro e do Vice, Maninho, evento terminou com a final entre as equipes do Mandacaru e Ensino Médio.
Num jogo bem disputado, o time do Mandacaru venceu o Ensino Médio, pelo placar de 2 x 1.
Prefeito, Rondilson Ribeiro; Vice, Maninho e o Deputado, Agenor Ribeiro, se fizeram presentes ao evento e, ao final entregaram a premiação em troféus e dinheiro, prrestigiando, mais uma vez a comunidade rural de Cajazeiras, que tradicionalmente envolve vários times da região, na prática do futebol amador, sob a organização de alguns moradores e esportistas como o Dedé, Doda, Peixe, além de outros que residem no sítio.
A Rádio Cidade AM, esteve presente mais uma vez com sua equipe de esportes:
Narração: Carlos Alberto Albuquerque;
Comentários: Chagas sousa;
Reportagens: Júnior Moreno;
Centra da Bola: Dan Oliveira.
Por: Carlos Alberto Albuquerque-radialista
Imagens: Junior Moreno.









Governo do CE pagará 2ª parcela do 13º em dezembro. Em outros estados, servidores ficarão sem a grana


 CEARÁ AGORA




Os servidores estaduais do Ceará se preparam para receber, entre os dias primeiro e 20 de dezembro, a segunda parcela do 13º salário. O Governador Camilo Santana (PT) garantiu, ao longo dos quatro anos de mandato, a manutenção do desembolso, sem atraso, da folha salarial, atualmente, em R$ 900 milhões por mês. A segunda parcela do 13º salário mobiliza um montante de recursos da ordem de R$ 450 milhões, beneficiando, pelo menos, 80.100 servidores ativos, 57.900 aposentados e 18.300 pensionistas.

Se no Ceará há segurança quanto à liberação, dentro dos prazos estabelecidos pela legislação, do beneficio natalino, em outros quatro estados (Rio Grande do Sul, Minas, Rio e Rio Grande do Norte) os servidores não tem esperança de receber, neste ano, o 13º salário. São, pelo menos, nesse momento, 1,5 milhão de trabalhadores do serviço público sem perspectiva de contar, nesses três estados, com o dinheiro extra de final de ano. Em outros estados, também, há incerteza sobre a grana para o 13º salário.

O Governador Camilo Santana que, nesta semana intensifica articulações em Brasília para acelerar a assinatura de convênios, projetos e tentar, principalmente, liberar novos recursos da União para o Estado do Ceará, costuma destacar que, mesmo com a crise nas transferências federais, a queda na arrecadação tributária e a estiagem prolongada, conseguiu manter o equilíbrio fiscal e o cumprimento da agenda financeira, como, por exemplo, os salários dos servidores em dia.

Camilo calcula que, entre primeiro de dezembro de 2008 e 5 de janeiro de 2019, o Estado injetará na economia, somente com a segunda parcela do 13º, os salários de novembro e dezembro, um montante de R$ 2,2 bilhões. Reeleito para o segundo mandato, Camilo Santana quer, como uma das prioridades, manter rigor no cumprimento do calendário de pagamento dos salários, mas sabe que, com os reajustes e o aumento da folha salarial, a administração estadual terá que ficar mais enxuta para serem evitadas frustrações nessa área. O governador cearense sabe, também, que a partir de janeiro de 2019, como oposição, enfrentará dificuldades na relação com o Governo Federal.

PROBLEMAS NO CAIXA

Os primeiros levantamentos sobre o dinheiro que chegará à economia no mês de dezembro com o 13º salário dos servidores públicos apontam que, nesse momento, os governos de Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte ainda não têm recursos em caixa para o pagamento dos funcionários, embora afirmem estar tentando arrumar verbas para cumprir o compromisso.

Uma reportagem do Jornal O Estado de São Paulo mostra que, entre todos os governos estaduais e o Distrito Federal, 16 responderam e disseram quais estratégias estão usando para contornar a crise. De acordo com a reportagem, entre os casos mais graves, estão aqueles que ainda não conseguiram quitar nem o benefício de 2017. O Rio Grande do Sul pagou, no mês passado, a décima parcela (de um total de 12) do 13.º do ano passado e já avisou que não tem dinheiro para o benefício de 2018. Até o salário de outubro, que deveria ter entrado no dia 31, ainda n&a tilde;o caiu na conta dos servidores.

Outro Estado com dificuldades é o vizinho Rio Grande do Norte que ainda não conseguiu pagar o 13.º de 2017 para quem ganha acima de R$ 5 mil. Em Minas, o governo afirma que a questão será discutida entre representantes do governo estadual e dos sindicatos dos servidores públicos do Poder Executivo. Há dois anos e meio, os funcionários do Estado recebem seus salários de forma parcelada todos os meses. Neste ano, os atrasos também passaram a ser mais rotineiros. Em 2017, o 13.º teve de ser parcelado em quatro vezes.

.FINAL DE SEMANA COM JOGOS DA TERCEIRA FASE DO CAMPEONATO DAS CAJAZEIRAS, EM SALITRE

Próximo final de semana mara mais uma rodada de partidas de futebol amador, do Campeonato das Cajazeiras, no município de Salitre. De acordo...