segunda-feira, 5 de novembro de 2018

CALDEIRÃO | Prefeito Vianney anuncia atrações artísticas da ExpoCaboclos 2018


Publicado por: Danilo Bezerra

O prefeito de Caldeirão Grande do Piauí, João Vianney de Sousa Alencar, anunciou na tarde desta quarta-feira, 17, as atrações artísticas da 9ª edição da Feira de Caprinos e Ovinos do município, denominada ExpoCaboclos, que acontecerá no período de 15 a 18 de novembro, na fazenda Algaroba, situada na comunidade Sítio Caboclos.

Promovida pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura e em parceria com a Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos, a ExpoCaboclos é considerada uma das maiores feiras do segmento no interior do Piauí. Realizado anualmente, o evento envolve a cadeia produtiva caprinos e ovinos do município, além de criadores, compradores e empresários do ramo, inclusive, de outros Estados do Nordeste, promovendo um grande intercâmbio.

“Nossa Feira tem se destacado em vários aspectos e registrado um crescimento a cada edição, por apoiar o pequeno e o grande produtor rural, oportunizar grandes negócios, fomentar a economia local e promover entretenimento à população de Caldeirão e região. Milhares de pessoas visitam o parque nos quatro dias da Feira.”, disse o prefeito Vianney.

A Feira de Ovinos e Caprinos de Caldeirão Grande conta com vasta programação. São cursos, exposição e concurso de cabras leiteiras e de peso para caprinos e ovinos nas raças Santa Inês, Dorper, Boer e Anglo Nubiano, com uma premiação total de 15 mil reais. O julgamento acontecerá no sábado, dia 17, a partir das 9h. Segundo a organização, a entrada de animais no Parque acontece nos dias 15 e 16 de novembro, até às 24h, mediante a apresentação dos certificados zoosanitários (GTA).

Outros atrativos são a culinária, com comidas típicas regionais comercializadas em diversas barracas espalhadas pelo parque, e os shows artístico culturais, que acontecerão nos dias 16, sexta-feira, com os artistas Lamarck e Alvino Luz, e no sábado, 17, com Toca do Vale e Forró Maior.



Ao anunciar os primeiros detalhes do evento, o prefeito Vianney destacou o apoio do deputado estadual Georgiano Neto, que destinou recursos para a realização da Feira. “O deputado Georgiano abraçou o nosso projeto e se tornou um grande parceiro da ExpoCaboclos.”, pontuou.

A programação completa será divulgada em breve pela organização. Mais informações poderão ser obtidas pelos telefones (89) 99413 6333 – Marcondes; 99407 7166 – Ananda; e 99918 7219 – Manoel Eugênio.

Rádio Cidade na Final de Futebol Amador das Cajazeiras 2018

CONEXÃO NO FUTEBOL:
Equipe 630 de Esportes da Rádio Cidade AM de Campos Sales, mais uma vez esteve na final do Campeonato do Sítio Cajazeiras, no município de Salitre.
Apoiado pela Administração do Prefeito Rondilson Ribeiro e do Vice, Maninho, evento terminou com a final entre as equipes do Mandacaru e Ensino Médio.
Num jogo bem disputado, o time do Mandacaru venceu o Ensino Médio, pelo placar de 2 x 1.
Prefeito, Rondilson Ribeiro; Vice, Maninho e o Deputado, Agenor Ribeiro, se fizeram presentes ao evento e, ao final entregaram a premiação em troféus e dinheiro, prrestigiando, mais uma vez a comunidade rural de Cajazeiras, que tradicionalmente envolve vários times da região, na prática do futebol amador, sob a organização de alguns moradores e esportistas como o Dedé, Doda, Peixe, além de outros que residem no sítio.
A Rádio Cidade AM, esteve presente mais uma vez com sua equipe de esportes:
Narração: Carlos Alberto Albuquerque;
Comentários: Chagas sousa;
Reportagens: Júnior Moreno;
Centra da Bola: Dan Oliveira.
Por: Carlos Alberto Albuquerque-radialista
Imagens: Junior Moreno.









Governo do CE pagará 2ª parcela do 13º em dezembro. Em outros estados, servidores ficarão sem a grana


 CEARÁ AGORA




Os servidores estaduais do Ceará se preparam para receber, entre os dias primeiro e 20 de dezembro, a segunda parcela do 13º salário. O Governador Camilo Santana (PT) garantiu, ao longo dos quatro anos de mandato, a manutenção do desembolso, sem atraso, da folha salarial, atualmente, em R$ 900 milhões por mês. A segunda parcela do 13º salário mobiliza um montante de recursos da ordem de R$ 450 milhões, beneficiando, pelo menos, 80.100 servidores ativos, 57.900 aposentados e 18.300 pensionistas.

Se no Ceará há segurança quanto à liberação, dentro dos prazos estabelecidos pela legislação, do beneficio natalino, em outros quatro estados (Rio Grande do Sul, Minas, Rio e Rio Grande do Norte) os servidores não tem esperança de receber, neste ano, o 13º salário. São, pelo menos, nesse momento, 1,5 milhão de trabalhadores do serviço público sem perspectiva de contar, nesses três estados, com o dinheiro extra de final de ano. Em outros estados, também, há incerteza sobre a grana para o 13º salário.

O Governador Camilo Santana que, nesta semana intensifica articulações em Brasília para acelerar a assinatura de convênios, projetos e tentar, principalmente, liberar novos recursos da União para o Estado do Ceará, costuma destacar que, mesmo com a crise nas transferências federais, a queda na arrecadação tributária e a estiagem prolongada, conseguiu manter o equilíbrio fiscal e o cumprimento da agenda financeira, como, por exemplo, os salários dos servidores em dia.

Camilo calcula que, entre primeiro de dezembro de 2008 e 5 de janeiro de 2019, o Estado injetará na economia, somente com a segunda parcela do 13º, os salários de novembro e dezembro, um montante de R$ 2,2 bilhões. Reeleito para o segundo mandato, Camilo Santana quer, como uma das prioridades, manter rigor no cumprimento do calendário de pagamento dos salários, mas sabe que, com os reajustes e o aumento da folha salarial, a administração estadual terá que ficar mais enxuta para serem evitadas frustrações nessa área. O governador cearense sabe, também, que a partir de janeiro de 2019, como oposição, enfrentará dificuldades na relação com o Governo Federal.

PROBLEMAS NO CAIXA

Os primeiros levantamentos sobre o dinheiro que chegará à economia no mês de dezembro com o 13º salário dos servidores públicos apontam que, nesse momento, os governos de Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte ainda não têm recursos em caixa para o pagamento dos funcionários, embora afirmem estar tentando arrumar verbas para cumprir o compromisso.

Uma reportagem do Jornal O Estado de São Paulo mostra que, entre todos os governos estaduais e o Distrito Federal, 16 responderam e disseram quais estratégias estão usando para contornar a crise. De acordo com a reportagem, entre os casos mais graves, estão aqueles que ainda não conseguiram quitar nem o benefício de 2017. O Rio Grande do Sul pagou, no mês passado, a décima parcela (de um total de 12) do 13.º do ano passado e já avisou que não tem dinheiro para o benefício de 2018. Até o salário de outubro, que deveria ter entrado no dia 31, ainda n&a tilde;o caiu na conta dos servidores.

Outro Estado com dificuldades é o vizinho Rio Grande do Norte que ainda não conseguiu pagar o 13.º de 2017 para quem ganha acima de R$ 5 mil. Em Minas, o governo afirma que a questão será discutida entre representantes do governo estadual e dos sindicatos dos servidores públicos do Poder Executivo. Há dois anos e meio, os funcionários do Estado recebem seus salários de forma parcelada todos os meses. Neste ano, os atrasos também passaram a ser mais rotineiros. Em 2017, o 13.º teve de ser parcelado em quatro vezes.

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

FPM: Segundo decêndio apresenta queda no repasse






As prefeituras recebem na quinta-feira, 20 de setembro, o 2º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que apresenta queda no repasse. O montante da partilha é de R$ 473, 5 milhões já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reitera o alerta aos prefeitos para que mantenham cautela na gestão dos recursos, principalmente neste segundo semestre quando a tendência é de diminuição nos valores transferidos aos entes locais.
Em valores brutos, ou seja, incluindo o Fundeb, o montante a ser repassado aos Municípios é de R$ 591, 9 milhões. De acordo com os dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN), o 2º decêndio de setembro de 2018, comparado com mesmo período de 2017, apresentou queda de 4,31% em termos nominais. Nesse caso, foi comparado os valores sem considerar os efeitos da inflação.
Já quando o valor do repasse é deflacionado e comparado ao mesmo período de 2017, a transferência do FPM apresenta redução de 8,01%, ou seja, levando em consideração a inflação do período.


Fonte:sobraldeprima

Salitre realizara Mandioc Fest 2018, nesta sexta, dia 21




Salitre, a "Capital da Mandioca” no Ceará, será sede nesta sexta-feira (21), da Mandioc Fest 2018. Em sua terceira edição, o evento trem atraído muitos produtores rurais, expositores e empresários que potencializam a produção do tubérculo na região.

A expectativa é que reúna mais de 7 mil pessoas. A programação começa pela manhã, na Câmara Municipal com a apresentação do o título de “Capital Cearense da Mandioca”, sancionada pela Lei nº 16.571, no último dia 11 de junho.

Já durante a tarde, a partir das 14h, acontecerá um seminário com o tema “Mandiocultura e seu potencial”, realizado numa tenda montada na Praça Mãe Rainha. Paralelo a isso, na Praça Mãe Rainha acontecerá uma feira com agricultores familiares expondo produtos oriundos da mandioca, como bolo de puba, tapioca, lhós.

Além disso, uma competição que premiará o maior tubérculo e também seus derivados. A noite, a partir das 22h, o forró toma conta da Praça da Prefeitura reunindo nomes como Toca do Vale, Lucas Barão, Lance Love, Raphael Alencar e Grupo D10.

Um dos maiores produtores de mandioca do Ceará, Salitre possui mais de 120 casas de farinha mecanizadas e 80% do tubérculo é produzido pela agricultura familiar. Mais de 30 mil sacas de farinha são fabricadas por mês, além da goma que é muito comercializada. Ano passado, a Mandioc Fest reuniu mais de 4 mil pessoas.

(Com informações do Diário Regional)

MESTRES DA CULTURA POPULAR Potengi inaugura seu primeiro Museu Vivo



O Museu Orgânico Casa do Mestre Antônio Luiz é o primeiro de 16 dedicados aos mestres da cultura popular



00:00 · 20.09.2018 por Antonio Rodrigues - Colaborador
As brincadeiras de reisado de Antônio Luiz de Souza, iniciadas na década de 1980, devem se tornar roteiro turístico do Município ( Foto: Antonio Rodrigues )

Potengi. "Me dê uma esmolinha de santo reis", pedia Antônio Luiz de Souza nas brincadeiras de reisado pelas ruas da cidade, na década de 1980. Hoje, a brincadeira, que começou na juventude, deve se tornar roteiro turístico do Município. Na tarde da terça-feira (18), o líder do Reisado de Caretas de Couro viu sua casa, no Sítio Sassaré, se transformar no Museu Orgânico Casa do Mestre Antônio Luiz - o primeiro de 16 espaços dedicados aos mestres da cultura popular no Cariri. Até o fim de 2019, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Nova Olinda e Milagres também serão contemplados.

Na casa de Antônio Luiz e de sua esposa, a artesã Rosa Pereira, as fotos de apresentação do grupo de reisado estão dispostas na sala e no pequeno corredor. O chão batido, o fogão à lenha e a máquina de costura antiga indicam a simplicidade e, ao mesmo tempo, o aconchego do lugar. Na parede da sala, junto com as imagens de santos, uma foto-pintura do casal e outras duas de seus pais ao lado do violão e triângulo. Acima, com muito destaque, as máscaras de couro de bode da tradição popular.

Cada um desses objetos foi disposto com muito cuidado. Nos museus orgânicos, os visitantes vivenciam o contato com os mestres da cultura, suas família e sua memória. Suas residências terão um acervo vivo, onde é possível interagir e conhecer um pouco da sua arte.

"São vistos como turismo de base comunitária, uma proposta de integrar a comunidade e a própria cidade nesse processo de visitação, com forte potencial de receber escolas, terreiradas, palestras, rodas de conversa, vivências", explica a diretora-presidente da Fundação Casa Grande, Fabiana Barbosa.

Origem

O projeto Museus Orgânicos dos Mestres de Cultura Tradicional do Cariri surgiu a partir do criador da Fundação Casa Grande, Alemberg Quindins, que realizou, em Nova Olinda, as duas primeiras experiências: o Museu do Ciclo do Couro: Memorial Expedito Seleiro e o Museu Casa Antônio Jeremias. Os dois espaços movimentaram ainda mais a quantidade de visitantes na cidade, integrando um roteiro turístico local. Com o sucesso, a proposta foi apresentada ao Serviço Social do Comércio (Sesc), que topou ampliar.

Há dois anos, foi iniciado o processo de curadoria pela equipe do Sesc e pelo própria pessoal da Fundação Casa Grande, visitando as casas de alguns mestres. "Há uma forte parceria da família que se abre para essa proposta. Essa integração é fundamental", explica Fabiana. Neste caso, toda estrutura da casa é analisada, incluindo, as singularidades do grupo de tradição popular. "O mestre Antônio Luiz já recebe, há muito tempo, outras pessoas de outras regiões, que vão conhecer o reisado, tomar café, almoçar na cozinha. Isso vai interferindo na geração de renda da família", completa.

Valorização

O presidente da Fecomércio, Maurício Filizola, que esteve presente na inauguração, acredita que o projeto é uma valorização da cultural local, que é compartilhada com os visitantes. "Cada museu poderá ser integralizado dentro de uma rota turística para que possamos preservar mais a cultura. Se você preserva e não mostra, aquilo não vai adiante. Esse modelo de museu já está sendo visualizado pela direção nacional do Sesc para ser levado para outros estados", antecipa.

O próximo contemplado será o Mestre Françuli, "O inventor do sertão", também de Potengi, que fabrica aviões com folhas de flandres.

Trajetória

De sua mãe, Dona Neuza, Antônio Luiz herdou o gosto pela cultura popular, ingressando, em 1975, no Reisado do Couros que, sete anos mais tarde, lideraria. Em 2010, ele foi reconhecido como Mestre da Cultura Cearense, pela Secretaria de Cultura do Estado. "Nasci e me criei aqui, numa casinha de taipa. Até hoje vivo aqui. Mas já tentei várias artes. Bater pandeiro, motorista, mercante e crediarista, mas minha vida era a roça", lembra.

Seu grupo possui personagens diferenciados de outros reisados, como o Velho Bacurau e a Velha Quitéria, acompanhados pelos caretas, um boi, a burrinha, um jegue, um cavalo, um carneiro e uma ema. Com linguagem própria, o grupo se destaca pelo uso da madeira mulungu, que contribui para os sons e ruídos produzidos. Com oito integrantes, já se apresentou nas cidades vizinhas de Crato, Nova Olinda e Juazeiro do Norte, e também em Fortaleza

Dos 61 anos de idade, 33 foram ao lado de Rosa, que acompanhou, muitas vezes contrariada, a dedicação de Antônio ao Reisado. "Eu gostava, mas tinha vez que pedia para não brincar mais", conta a mulher, um ano mais velha.

Como artesã, fabricando tapetes e almofadas de retalhos, sua trajetória se integra à do mestre da cultura no projeto do Museu. Com o café conhecido como "o melhor de Potengi", os dois se preparam para receber com prosa os visitantes que queiram conhecer suas vidas. "Faz tempo que nós recebemos o povo aqui. De tanto lugar que nem me lembro mais", admite Rosa.

Governo lança programa de crédito para hospitais filantrópicos





Uma resolução do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), publicada no Diário Oficial da União de hoje (19), aprova o programa de crédito destinado a entidades hospitalares filantrópicas e sem fins lucrativos participantes do Sistema Único de Saúde (SUS).

A medida tem, entre outros objetivos, o de possibilitar operações de crédito para a reestruturação financeira, financiamento de construções, ampliação ou reforma de instalações, aquisição de equipamentos, bens de consumo duráveis e de tecnologia de informação

As taxas de juros a serem cobradas, por meio da linha de crédito, que conta com recursos do FGTS, será de 8,66% ao ano.

O acompanhamento da execução do programa de crédito ficará a cargo do Ministério da Saúde, bem como a tarefa de subsidiar o Conselho Curador com estudos técnicos necessários ao seu aprimoramento operacional e definir as metas a serem alcançadas.

(Agência Brasil)

CALDEIRÃO | Prefeito Vianney anuncia atrações artísticas da ExpoCaboclos 2018

Publicado por: Danilo Bezerra O prefeito de Caldeirão Grande do Piauí, João Vianney de Sousa Alencar, anunciou na tarde desta quarta-feira, ...