quinta-feira, 19 de julho de 2018

CONEXÃO NO FUTEBOL: Real Guarani e Casa do Doce, na Final do Certame local



Depois da rodada desta quarta-feira, foram definidos os finalistas do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Campos Sales 2018.

Na categoria Veteranos, farão a final no domingo:

Vila nova x Manchester United.

Ja na categoria principal, irão disputar o título:

Real Guarani x Casa do Doce.

Solenidade de encerramento deve ter início às 16 horas do domingo, 22, no Estádio José Iris de Morais.

A disputa do terceiro lugar deve ocorrer no sábado, 21.

Equipe de Esportes 630 da Rádio Cidade AM transmitiu na quarta-feira, 18, o jogo entre Confiança e Casa do Doce que terminou com o plcar de 5 x 0 para a Casa do Doce.

No jogo preliminar, o Real Guarani venceu a equipe do Ousadia, pelo placar de 1 x 0.

Na abertura da rodada da quarta-feira, na categoria Veteranos, o Vila Nova foi o vencedor e garantiu sua participação na final contra o Manchester United.

Por Carlos Alberto Albuquerque - Radialista


PATROCINADORES:

ZAPNET TELECOM;
BOUTIQUE NOBRE;
MERCADINHO VIEIRÃO;
CASA DO CRIADOR;
DRAGÃO MOTO PEÇAS;
GRÁFICA DRAGÃO;
O BARATÃO DA CONSTRUÇÃO;
OSSIAN LIMA - CONTADOR;
DR. LUCIANO VELOSO - ADVOGADO;
CESAR COSTA - CONTADOR;
DR. NETO - PRESIDENTE CÂMARA DE CAMPOS SALES;
RONALDO PEREIRA - PRESIDENTE CÂMARA DE SALITRE;
IRAN DO QUIXARIU - VEREADOR CAMPOS SALES;
DR. EDMILSON MIRANDERA - VEREADOR SALITRE;
EUDES AGRIPINO - EX-PREFEITO FRONTEIRAS-PI.
DEPUTADO ESTADUAL AGENOR RIBEIRO - SALITRE;
VEREADOR ZÉ GORDIM - ARARIPE.


































































Trabalhadores já podem consultar valor das cotas do PIS/Pasep em agosto





Os trabalhadores com direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem conferir, os valores corrigidos que receberão em agosto. Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep.

Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Tem direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os recursos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Homem ganha direito a benefício do INSS por ser corno mais de 800 vezes


Um homem conhecido como Amarildo Ferreira Cavalcante, de 48 anos, ganhou o direito de receber o Auxílio-doença do INSS por ser corno.



Homem estaria recebendo auxílio-doença por ter sido traído! Será verdade? (foto: reprodução/WhatsApp)

A notícia surgiu em diversos sites e blogs na segunda semana de maio de 2018 e afirma que um paraense chamado Amarildo Ferreira Cavalcante ganhou o direito de receber o Auxílio-doença do INSS por ser “corno”!

A reportagem afirma que Amarildo teria dito que sua mulher já lhe traiu mais de 800 vezes, e que a sua vida de corno tem lhe feito passar por situação de humilhação e constrangimento no trabalho.

O homem, segundo que diz na notícia, não consegue mais trabalhar, visto que é motivo de piada e por isso não consegue sair de casa e nem conviver em sociedade…

O valor total liberado pelo INSS foi de R$ 1229,00 por mês, durante tempo indeterminado!

Será que isso é verdade?

Uma busca pelo nome do suposto beneficiário e não tivemos nenhum resultado, exceto em alguns sites que apenas copiaram o mesmo texto dessa “notícia”.

E por falar em copiar, os sites que postaram essa história citam como fonte uma publicação feita no site GShowPlay, já conhecido aqui no E-farsas por espalhar inúmeras fake news pela web.

O site GShowPlay ainda mostra um “documento” que atesta a veracidade dos fatos. No entanto, como podemos ver na imagem, não há o Número de Benefício ou do Requerimento, dados importantes para que alguém possa averiguar no site do Governo:

As fotos usadas na “notícia”

O autor dessa fake news juntou as fotos de um homem e de uma mulher em situações diferentes para dar a entender que o eles seriam os protagonistas dessa notícia. No entanto, a foto do homem foi tirada desse vídeo de 2011, de um homem preso pelo roubo de uma moto:

Já a foto da mulher foi tirada de outro vídeo, publicado em 2014:
Conclusão
Um órgão público não iria expedir um documento com termos chulos como “corno”! Além disso, o caso surgiu em um site conhecido por disseminar notícias falsas e não há nenhuma prova de que isso tenha ocorrido de verdade!


VENDAS ACIMA DO PREVISTO Expocrato supera expectativa nos primeiros dias



O evento se consolida como o principal do tipo no Norte-Nordeste brasileiro e um dos maiores do Brasil

por Antonio Rodrigues - Colaborador

A Expocrato recebe criadores de animais, agropecuaristas, fazendeiros, grandes e pequenos produtores de quase todo o Nordeste ( FOTO: ANTONIO RODRIGUES )

Crato. "Aqui funciona como uma cidade por nove dias", definiu Luiz Gonzaga de Melo, presidente do Grupo Gestor da 67ª da Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados, a popular Expocrato. São mais de 120 expositores e 10 mil animais, entre bovinos, equinos, caprinos, aves, peixes e roedores, nos nove dias de evento, no Parque Pedro Felício Cavalcanti. Junto ao Festival, estima-se que o evento deva gerar um faturamento de mais de R$ 60 milhões. Nestes cinco primeiros dias, a movimentação financeira tem surpreendido, positivamente, todos os setores. Até o dia 22, são esperados mais de 400 mil visitantes no equipamento.

A Expocrato recebe criadores de animais, agropecuaristas, fazendeiros, grandes e pequenos produtores de todo o Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Alagoas, principalmente.

No entanto, também há gado mineiro e paulista. Hoje, se consolida como principal evento do tipo no Norte-Nordeste brasileiro e um dos maiores do Brasil. Só de bovinos, equinos e caprinos são, aproximadamente, 3 mil, enquanto também estão expostos outros 7 mil animais, entre aves, peixes e roedores.

As negociações são feitas diretamente, por pagamento em dinheiro, à vista, e também por financiamento bancário, muitas vezes, com projeto já pré-aprovado. As linhas de implementos, tratores e automóveis são negociações livres.

Segundo Luiz Gonzaga de Melo, que também é expositor, nos primeiros dias do evento, que normalmente não é muito movimentado, tem sido bem melhor que nos anos anteriores. "Nunca houve um ano que eu já tivesse realizado tantos negócios como este ano. Geralmente, aconteciam mais para quinta-feira, sexta. Este ano, já temos vendidos cota de consórcio, retro escavadeira, dois tratores e vários implementos".

Gonzaga acredita que isso aconteceu pela quadra chuvosa que, em 2018, foi melhor que em anos anteriores. "O setor do campo está procurando fazer aquele investimento que segurou nos anos de seca. O crédito bancário está ajudando". Na Expocrato, além de equipamentos, muitos criadores procuram melhorar a genética do seu rebanho adquirindo "animais de ponta", como define o expositor. "Aqui temos exposto o que há de melhor no Nordeste, seja ele bovino, equino, caprino ou ovino", garante.

O criador Fábio Calou, que trouxe de Aquiraz exemplares de cavalos da raça quarto de milha e jumentos da raça pêga, acredita que a Expocrato não proporciona apenas o negócio, mas também um intercâmbio entre outros criadores. "Após a exposição, já tem agendado visita de gente na minha fazenda. Não para aqui e amplia muito seu mercado", explica. Já o fazendeiro Manoel de Alencar Júnior costuma participar da exposição para vender e comprar há mais de 40 anos. Este ano, aproveitou para adquirir um potro para sua fazenda em Exu (PE).

"A Expocrato é uma referência nordestina e até brasileira no que toca ao melhoramento genético da região. Aqui, se encontram as melhores raças e as melhores oportunidades para melhorar o rebanho. Onde o fazendeiro pequeno, médio e grande tem acesso a melhor genética do País". Além da exposição de animais, há também as competições de raça que concorrem os melhores bovinos da região.

A disputa é dividida por categorias: pela idade e o sexo do animal. O vencedor recebe um troféu e acaba valorizando o bicho. "Tanto o animal se valoriza para a venda como a cria dele. Se vai parir um bezerro ou bezerra, como filha de campeã, tem seu valor majorado por conta disso", explica Torquato Neto, organizador dos torneios.

Alimentação

A fila gigante para tomar um caldo de cana do engenho é um sintoma. Além da feira de animais, há uma grande variedade de produtos alimentícios na Expocrato. De pequenas barracas a grandes restaurantes que, durante estes nove dias, abrem uma filial no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti. Um deles é o restaurante do empresário André Turato, que desde ano passado vende no evento.

"Quando começamos o planejamento, tínhamos a convicção que este seria o melhor ano de todos os tempos. Já estamos tendo um crescimento de pelo menos 45%. Supera até nossas expectativas", explica. No corredor da agricultura familiar, 140 produtores rurais da região do Cariri estão vendendo produtos orgânicos durante a Exposição.
Programação

19 de julho (Hoje)

Gusttavo Lima
Marília Mendonça
Léo Santana
Solteirões do Forró
Bulé de Caminão

Dia 20 de julho (sexta-feira)

Xand Avião
Matheus & Kauan
Jetlag
Avine Vinny

21 de julho (sábado)

Jorge & Mateus
Simone e Simaria
Iohannes
Wallas Arrais
Vavá Pinheiro

Dia 22 de julho (domingo)

Jonas Esticado
Gustavo Mioto
Luan Santana
Vintage Culture
Devinho Novaes
Raphael Alencar

ADAPTAÇÃO EM ATÉ 10 ANOS Indústria 4.0 deve criar 30 novas profissões 'digitais'



Adaptação do mercado no Ceará, no entanto, deverá levar entre cinco e dez anos, avalia gerente da Fiec




Segundo pesquisa elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), adaptação do mercado deverá incluir competências a várias profissões tradicionais do setor industrial ( Foto: Reinaldo Jorge )
01:00 · 19.07.2018 / atualizado às 01:35 por Samuel Quintela - Repórter

Com a chegada de novas tecnologias, principalmente as digitais, o setor produtivo começa a refletir os impactos do que se reconhece como a quarta Revolução Industrial, mas com a atualização das demandas o mercado também passa a exigir a renovação dos perfis profissionais. Projetando essa evolução, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou, na última segunda-feira (5), um estudo listando 30 novas profissões que vão surgir com a Indústria 4.0.

Contudo, no Ceará, segundo Pablo Padilha, gerente do Centro de Excelência em Inovação da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), essa adaptação deverá levar entre 5 a 10 anos, considerando empresas, funcionários e instituições de ensino, como universidades.

De acordo com a análise, executada com um trabalho do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), as novas profissões serão geradas, nos próximos dez anos, em cerca oito áreas diferentes. O levantamento aponta funções de nível médio e superior, e que devem ganhar relevância nos segmentos automotivo; alimentos e bebidas; máquinas e ferramentas; petróleo e gás; têxtil e vestuário; química e petroquímica; tecnologias da informação e comunicação, e construção civil.

A pesquisa realizada pelo Senai ainda menciona que a remuneração de algumas funções, adaptadas ao novo mercado, é, hoje, de no mínimo R$ 3.000, considerando o cargo de mecânico de manutenção automotiva. A partir dessa evolução, o profissional da área também seria responsável, por exemplo, pela inspeção e reparo de sistemas de reaproveitamento de energia, e de telemetria aplicada a mobilidade dos veículos.

E, de acordo com o estudo publicado pela CNI, dentro do setor automotivo, ainda deverão surgir as funções de mecânico de veículos híbridos, mecânico especialista em telemetria, programador de unidades de controles eletrônicos, e técnico em informática veicular.

Atualização

No entanto, o mercado só deverá começar a exigir profissionais totalmente voltados para o mercado digital, de forma generalizada, daqui a pelo menos 5 ou 10 anos. É o que defende Pablo Padilha. Segundo o gerente do Centro de Excelência em Inovação da Fiec, apesar de essencial para o desenvolvimento da Indústria, o processo de evolução digital demanda maturidade do mercado, das instituições de ensino e dos próprios profissionais, que já devem começar a buscar fontes de atualização nos próximos dois ou três anos. "O que eu tenho percebido é que há uma perspectiva de incluir novas tecnologias no nosso mercado, mas há um tempo de maturidade para que isso de fato seja implementado nos currículos das universidades. Isso deve demorar em torno de 5 anos aqui no Ceará para que as coisas comecem a mudar e as empresas comecem a exigir esses novos perfis", ponderou o gerente da Fiec.

Padilha ainda comentou que o Ceará não está distante do que é percebido no cenário da Indústria nacional, o que deve manter o Estado no mesmo patamar, considerando principalmente as grandes empresas, do mercado do País mesmo durante as novas mudanças da quarta revolução da Indústria 4.0.

"Um período de 5 ou 10 anos é muito tempo, mas o próprio mercado ainda não está preparado receber esses profissionais, então as empresas vão começar a exigir e procurar esses perfis só daqui a uns 10 anos, dado os níveis de investimento e desenvolvimento tecnológico da indústria e do mercado nacional", analisou o gerente.

Ensino

Entre os avanços que deverão ser impulsionados pela evolução do mercado estão os processos que envolvem a Internet das Coisas (IoT), análise e processamento de dados (big data), desenvolvimento de software, programação, tecnologias da informação e comunicação (TIC) e outras. Segundo Pablo Padilha, algumas instituições de ensino no Ceará já estão se antecipando às mudanças mercado para atualizar currículos de formação, como o Senai e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (Ifce).

No entanto, grande parte do setor educacional deverá, de fato, aguardar as mudanças de exigências do mercado para poder renovar as estruturas de formação dos novos profissionais. "Os currículos evoluem muito pela necessidade do mercado estar clamando novos tipos de profissionais, então acredito que algumas instituições vão se antecipar, mas a maioria das escolas deve ser seguidora, observando as mudanças do mercado para poder se adaptar", analisou Pablo Padilha.


Inscrições para o Fies vão até o próximo domingo





As inscrições para ter direito ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vão até o próximo domingo (22) e os estudantes devem ficar atentos às regras para não perderem a oportunidade. No segundo semestre do ano, serão ofertadas 155 mil vagas e, desse total, 50 mil serão a juro zero, para candidatos com renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Pode se inscrever o estudante que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e alcançado a nota de corte das provas: uma pontuação igual ou superior a 450 pontos e superior a zero na redação. Para disputar uma das vagas no programa, é preciso se registrar no FiesSeleção. No primeiro cadastro, será solicitado o CPF e a data de nascimento do candidato.

Depois que o candidato tiver feito o registro no site, será enviado para o e-mail dele um login e uma senha. Com essas informações, é preciso voltar ao FiesSeleção e entrar em “já sou cadastrado”. Nessa etapa, além dos dados do candidato, serão necessárias as informações dos componentes do grupo familiar.

Alterar o curso ou suspender o contrato

O candidato pode mudar a opção de curso, mas isso só pode ser feito durante o período em que a inscrição estiver aberta. Depois de iniciado o contrato de financiamento, ele pode pedir a suspensão temporária do financiamento ou o fim do contrato. No caso de solicitar o encerramento da operação, será preciso pagar o saldo devedor, que pode ser parcelado.

Confira algumas das informações que serão solicitadas:

RG e CPF
Data de nascimento
Nota suficiente para se inscrever
Informações sobre seus familiares
Renda mensal familiar
Selecionar estado, município, curso e instituição de ensino
Escolher três opções de curso
Informar duração do curso

Governo do Brasil, com informações do MEC

Sancionada lei que autoriza concurso para Ematerce





A edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (19) divulga o concurso para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará – Ematerce (PL Nº 68/2018). A seleção será aberta com 263 vagas, sendo 196 para profissionais de nível médio e 67 para nível superior.

A lei que autoriza o certame foi sancionada nesta quarta-feira (18) pelo Governo do Ceará. O edital com os detalhes do concurso público será lançado ainda este mês.

CONEXÃO NO FUTEBOL: Real Guarani e Casa do Doce, na Final do Certame local

Depois da rodada desta quarta-feira, foram definidos os finalistas do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Campos Sales 2018. Na ...