quinta-feira, 30 de novembro de 2017

COLUNA DO CARLOS ...30.11.17

COLUNA DO CARLOS...

O QUE PENSO...

Falo hoje sobre a Praça do Ó, local público que ja foi tida como Cartão Postal da Cidade, que sofreu modificações importantes em sua estrutura inicial e que, depois disso, parece ter perdido o encanto das pessoas, que mal buscam mais, seus bancos e espaços para estarem com familiares e amigos.

Projeto arrojado que criou uma fonte de água iluminada, logo na inauguração foi danificada e esquecida pelo poder público, que nunca buscou consertar o equipamento. Daí em diante, outros problems se tornaram visiveis, como a iluminação fraca e que deixou ao longo do tempo, a praça escura.

A Praça do Ó, que durante décadas, além de ser bem visitada por quem visitava a cidade e pelos filhos da terra, que sempre se reuniam nela, perdeu o encanto e hoje, poucs pessoas têm como hábito, de visitá-la.

Chegou o período que antecede o Natal e pude ver, que, pelo menos neste período, a velha e remontada, Praça do Ó, em razão da ornamentação natalina que recebeu, simples, mas bonita, começou a receber, pelo menos nestes dias, a visita de famílias, amigos, crianças, jovens, enfim.

Tenho uma opinião bem particcular sobre a revitalização da Praça do Ó, e penso que ela somente reconquistará o carinho e a vontade ds pessoas, de estarem nela, em momentos de lazer, se a fonte voltar a funcionar, se a iluminação for repensada e ainda mais, se for criado espaço para a edificação de uma lanchonete, ou coisa do tipo, como ocorre em outras diversas cidades, como Pio IX, no Piauí, Icó, Crato e tantas outras, que em suas praças, autorizam a presença de coisas do tipo, comerializando comida caseira, lanches, refrigerantes, enfim.

É bom ver a querida e amada Praça do Ó, pelo menos neste período de fim de ano, com o clima de Natal e festas de final de ano que se avisinham, pelo tratamento que recebeu do poder público, que a iluminou festivamente, volte a receber o povo em seus bancos e espaços outros de lazer.

Fica aqui a esperança de que, passado este período, a Praça do Ó, receba o tratamento que merece e que possa novamente ser chamada de Cartão Postal de Campos Sales...Tenho Dito!!!




Por Carlos Alberto Albuquerque - radialista.


Chinesa de telecomunicações tem interesse de comprar a Oi


O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, disse que empresas de telecomunicações chinesas demonstraram interesse em investir na Oi, maior operadora de telefonia fixa do País e que passa por um tumultuado processo de recuperação judicial. Quadros disse que, em especial a China Mobile, manifestou o desejo de comprar a Oi.

“Achamos que esse é um sinal de que a empresa tem valor, quando tem grandes interessados em entrar”, disse Quadros. A China Mobile é a maior empresa de telefonia do mundo em número de assinantes, com uma base de mais de 900 milhões de linhas habilitadas. A empresa abriu, em setembro, a sua primeira filial no Brasil, na cidade de São Paulo.

O possível interesse da tele vem a público pouco tempo depois de que outra gigante chinesa das comunicações, a China Telecom, ter ventilado a possibilidade de compra da Oi por R$ 20 bilhões. Quem também teria acenado com a possibilidade de aporte financeiro na Oi é o Banco de Desenvolvimento da China (BDC), um dos 55 mil credores da empresa. Em processo de recuperação judicial, a Oi acumula dívidas de cerca de R$ 65 bilhões.

Governo do Ceará promove 56ª Feira de Artesanato do Ceará


Cerca de 220 artesãos expositores representantes de entidades artesanais e grupos produtivos de 79 municípios participam da 56ª Feira de Artesanato do Ceará (Feirart) promovida pelo Governo do Ceará, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), de 30 de novembro a 2 de dezembro.


Reprodução

A programação do evento, que será realizado de 17h às 22h, na Praça Luíza Távora, em Fortaleza, contará com oficinas de areia colorida, fibra vegetal e xilogravura, além de shows. A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, e secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino, participarão da abertura da feira, nesta quinta-feira (30), a partir das 17 horas.
“Convido a todos para visitar a feira, apreciar e adquirir o legítimo artesanato cearense. Além de vender os seus produtos na hora, o artesão pode garantir novas encomendas. É a chance também de o consumidor comprar diretamente com o artesão”, destaca a primeira-dama.
Onélia ainda ressaltou algumas conquistas garantidas pelo Governo do Ceará ao artesão. “A feira é mais ação do Governo para a valorização do trabalho do artesão. O governador Camilo assegurou ao artesão cearense, em 2015, a isenção fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços); o Selo Ceart (Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e de Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses); capacitações para aperfeiçoar o design dos produtos; além da realização de feiras. Vamos ainda inaugurar, em dezembro, o Centro de Rendeiras da Prainha”, citou a primeira-dama.
A coordenadora do Desenvolvimento do Artesanato do Ceará, Amanaci Diógenes, ressaltou a importância da realização da Feirart. “A realização da feira é muito importante para o Programa de Desenvolvimento do Artesanato do Estado. O governador Camilo vem investindo fortemente no desenvolvimento dessa política pública e no fortalecimento dela como a realização de capacitações, de promoção e abertura de canais de comercialização, como acontece na Feirart, porque é o momento que o artesão estabelece relação direta com o consumidor, quer seja para vender o produto que ele trouxe para a feira ou para pedidos e encomendas futuras”, destacou.
Fonte: Governo do Estado do Ceará

Santana do Cariri, Penaforte, Campos Sales, Mauriti, Caririaçu, Aurora e mais 20 cidades




Ao todo 26 cidades da Região do Cariri estão contempladas no Projeto Campinho da Sesport. Elas fazem parte do segundo lote do edital divulgado pelo Departamento de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia, cujo objeto é a construção de campinhos de futebol em forma de quadra society com grama sintética, alambrados, banco de reserva e vestiário. Cada município entra com o terreno como contrapartida ao investimento feito pelo Governo do Estado. A data da abertura do envelopes está marcada para o dia 27 de dezembro.
Confira a lista das cidades:
Abaiara
Altaneira
Antonina do Norte
Araripe
Assaré
Aurora
Barro
Campos Sales
Caririaçu
Farias Brito
Granjeiro
Jati
Jardim
Lavras da Mangabeira
Mauriti
Milagres
Missão Velha
Nova Olinda
Penaforte
Porteiras
Potengi
Salitre
Santana do Cariri
Tarrafas
Várzea Alegre

Centros Vocacionais Tecnológicos serão condecorados em solenidade na Assembléia Legislativa do Ceará




Assembleia Legislativa realiza sessão solene, nesta quinta-feira (30/11), às 15h, no Plenário 13 de Maio, para celebrar os 20 anos de criação dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs). O evento foi proposto pela deputada Rachel Marques (PT).


“Os CVTs têm um papel significativo no desenvolvimento do Estado e são considerados como um modelo inovador e de referência para os demais estados da Federação. Espera-se que a comemoração dos 20 anos de atuação dos CVTs seja considerada como um novo marco para sua ressignificação, tendo em vista o seu importante papel como um dos protagonistas do desenvolvimento do Estado do Ceará”, pontua.

Os Centros atuam com ênfase na vocação regional e local. Eles são abertos à comunidade, capacitando para o mercado de trabalho pessoas que não têm profissão definida ou tempo de ir para uma escola formal porque precisam trabalhar. Os CVTs estão em 40 municípios cearenses e oferecem aulas práticas de ciências e informática aos professores e alunos de escolas públicas, assistência tecnológica e serviços de análises, testes, ensaios e informações tecnológicas à população.

Serão homenageados na solenidade o Governador do Estado, Camilo Santana, o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado, Inácio Arruda, o deputado Federal Ariosto Holanda, e o diretor presidente do Instituto Centec Silas Barros de Alencar, entre outros.

Informações da AL/CE

Polícia encontra vários explosivos em casa na cidade de Iguatu



oliciais militares do 10º Batalhão de Iguatu apreenderam na noite desta terça-feira (28) uma grande quantidade de explosivos na localidade de Sítio Cavaco. De acordo com o tenente-coronel Tibúrcio, os explosivos estavam em uma casa abandonada.


Os militares apreenderam 97 unidades de explosivos pentek CD-150, 56 espoletas estopim, da marca espoletim, medindo um metro e 20. O material foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu.


O proprietário do terreno, um homem de 59 anos, foi levado para a delegacia para fornecer esclarecimentos. O proprietário do local disse aos policiais que os explosivos pertenciam a seu filho, já falecido, que tinha 31 anos, que faleceu recentemente. Ele respondia aos crimes de furto, tentativa de homicídio, tráfico de entorpecentes e posse ilegal de arma de fogo.

Com informações G1

Eunício se reúne com prefeitos de Araripe, Brejo Santo e Camocim e reforça luta por mais recursos


O presidente do senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) esteve reunido, nessa quarta-feira (29), com as prefeitas de Brejo Santo, Teresa Maria; de Camocim, Mônica Aguiar; o prefeito de Araripe, Giovani, a ex-deputada estadual, Gislaine Landim; os ex-prefeitos de Brejo Santo, Guilherme Landim e Wider Landim e o secretário municipal, José Noberto.

Em discussão, iniciativas que podem auxiliar aos municípios a darem um salto de desenvolvimento com iniciativas através de programas e recursos nos ministérios.

A prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, solicitou articulação do presidente na liberação de recurso para conclusão da obra do mercado no bairro Boa Esperança. Ela ainda apresentou ao senador projetos no âmbito dos ministérios da Integração, Cidades e Saúde. Como pavimentação asfáltica, construção de estradas vicinais, perfuração de poços a e aporte para custeio da saúde. Segundo Mônica, a liderança exercida por Eunício atualmente à frente do Senado tem possibilitado o avanço de muitas ações nas cidades cearenses. Para ela, será muito positiva para a localidade. “Um senador cearense e que sabe da importância hoje do seu papel diante do nosso estado. Enfrentamos muitas dificuldades, principalmente em razão da escassez da chuva, e ele por ser um homem com essa sensibilidade e generosidade recebeu o nosso município com muita atenção e carinho e demonstrou o interesse em ajudar”, reconheceu.

Ainda na reunião, Eunício conversou com as lideranças de Brejo Santo e Araripe sobre investimentos para perfuração de poços e construção de adutoras e estradas nas localidades.

Para Guilherme Landim, liderança de Brejo Santo, a parceria está rendendo ações positivas para o Ceará e agora, para a cidade. “Eunício é hoje uma peça fundamental aqui em Brasília que pode levar e está levando diversas obras, ações e projetos que estão beneficiando a população cearense e agora, de forma muito particular, da cidade de Brejo Santo”, disse.

Já o prefeito de Araripe, Giovani, reconheceu a atuação de Eunício a favor dos municípios cearenses e do Estado, independente de colocarão partidária. “O que ele tem feito, independentemente de cor partidária ou de qualquer situação, o que ele tem de alcance como presidente do senado, tem usado essa influência para ajudar ao Ceará. A gente tem acompanhado o trabalho do senador, tem tido a satisfação de ter a atenção especial da presidência do Senado e isso deixa a gente satisfeito. Principalmente porque a gente está vendo as coisas acontecerem. Acho que o Ceará ganha muito com o trabalho do senador, em todas as áreas”, acrescentou.

Quadrilha invade cidade de Campos Sales e explode agência da Caixa na madrugada



Criminosos agiram com extrema violência e fizeram reféns. Após as explosões, o bando se dividiu e uma parte seguiu em direção ao Piauí. Outro parte do grupo foi vista fugindo para Salitre





A frente do banco e os caixas eletrônicos foram destruídos com as explosões

Fernando Ribeiro30/11/2017 query_builder 6:58




Uma quadrilha fortemente armada atacou, na madrugada desta quinta-feira (30), a cidade de Campos Sales, situada no Cariri Oeste, no sul do estado (a 531Km de Fortaleza), e explodiu uma agência bancária. Os criminosos agiram com extrema violência, chegaram a fazer um refém, roubaram um carro e fugiram em direção à divisa do Ceará com o estado do Piauí.

O ataque ocorreu por volta de 3h30, segundo relato dos moradores e o alvo dos ladrões foi a agência da Caixa Econômica, onde eles provocaram, ao menos, quatro explosões. O acionamento dos explosivos acordou a cidade. A explosão destruiu parte da agência, mas não se sabe, ainda, se os criminosos conseguiram roubar o dinheiro que havia no cofre da tesouraria. Os caixas eletrônicos também foram danificados.

A cidade conta com uma companhia da Polícia Militar, a 4ª Cia do 2º BPM. No entanto, os criminosos cercaram o quartel e atiraram para impedir que os militares impedisse a ação no banco.

Em seguida, os assaltantes fizeram um homem refém e levaram seu carro, um táxi. A quadrilha seguiu em direção à região de divisa com o Piauí e outra parte rumou em direção ao vizinho Município de Salitre, se dividindo para dificultar a ação da Polícia, e não foi ainda localizada.

Cerco policial

Policiais militares do 2º BPM (Juazeiro do Norte) e das companhias e destacamentos de cidades vizinhas como Salitre, Potengi e Aiuaba, foram acionados para montar um cerco na região, enquanto equipes do Comando Tático Rural (Cotam) eram acionadas no Cariri e no Centro-Sul para darem apoio aos efetivos da região. Equipes do Batalhão de Fronteiras, baseadas 5também no perímetro estão de prontidão nas estradas na tentativa de prender a quadrilha.

Não há notícias de feridos durante a ação criminosa em Campos Sales, mas a população acordou assustada durante a madrugada já que, além das explosões no banco, os bandidos efetuaram muitos tiros quando chegavam e deixam a cidade.

Toda a região

Com o ataque realizado na madrugada desta quinta-feira em Campos Sales, praticamente todas as cidades do Cariri Oeste registraram assaltos a bancos neste ano. Antes, quadrilhas haviam explodido bancos em Aiuaba, Salitre, Assaré, Potengi e Araripe.

Prazo para pagar 1ª parcela do 13º termina hoje



Benefício deverá injetar R$ 132,7 bilhões na economia brasileira. No Ceará, o valor será de R$ 4,9 bilhões



01:00 · 30.11.2017

Em Fortaleza, pagamento do décimo terceiro para servidores públicos deve injetar cerca de R$ 2,67 bilhões no comércio da cidade ( FOTO: JOSÉ LEOMAR )

Fortaleza/São Paulo. O prazo para empresas e patrões pagarem a primeira parcela do 13º salário para funcionários e trabalhadores domésticos acaba hoje (30). O pagamento é direito de todo trabalhador com carteira assinada que tenha realizado pelo menos 15 dias de serviço.

Aposentados e pensionistas do INSS também recebem a gratificação. Segundo cálculos do Dieese (Departamento Intersindical de estatísticas e Estudos), 48,1 milhões de trabalhadores devem receber o benefício, injetando aproximadamente R$ 132,7 bilhões na economia.

O trabalhador também tem direito a receber a gratificação quando da extinção do contrato de trabalho, seja por prazo determinado, por pedido de dispensa pelo empregado, ou por dispensa do empregador.

Por outro lado, empregados que foram dispensados por justa causa não têm direito ao 13º salário. O dia 20 de dezembro é o limite para o pagamento da 2ª parcela. O pagamento da primeira parcela pode ter ocorrido também, a pedido do trabalhador, por ocasião de suas férias.

No Ceará, segundo dados do Dieese, o pagamento do 13º deve injetar cerca de R$ 4,991 bilhões na economia do Estado até dezembro. Cerca de 2,9 milhões de trabalhadores receberão o montante, que representa 3,6% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Em média, a renda do trabalhador cearense receberá um acréscimo de R$ 1.574,53 com o benefício. Já o comércio da Capital, para o mesmo período, receberá um aporte estimado de R$ 2,67 bilhões, em valor referente aos cerca de 160 mil servidores públicos, do Governo do Estado e da Prefeitura de Fortaleza. Do total, quase R$ 2 bilhões são referentes aos gastos do Estado.

Os cálculos do Dieese foram feitos a partir da apropriação dos dados da Relação Anual de Informação Social (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) ambos do Ministério do Trabalho.

Também foram usados nos cálculos informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Previdência Social e da Secretaria Nacional do Tesouro (STN).

Doméstico

O pagamento do adiantamento do 13º terceiro para trabalhadores domésticos deve ser registrado pelo patrão no sistema para pagamento de encargos eSocial.

O prazo para entrega da guia de novembro termina no dia 7 do próximo mês. A Receita informa que o valor da primeira parcela deve ser incluído na rubrica eSocial1800 - 13º salário - Adiantamento. O Fisco informa que serão gerados dois recibos: um para a primeira parcela do 13º e outro para a folha normal.

Para os empregados admitidos no mesmo ano, o 13º salário é calculado de forma proporcional ao tempo de serviço

Assim, para calcular o 13º proporcional, é preciso dividir o valor do salário por 12 e multiplicá-lo pelo número de meses em que houve trabalho por, pelo menos, 15 dias.

Chuvas de pré-estação animam Região do Cariri



Em novembro e dezembro, as médias das precipitações no Cariri ficam em 22mm e 66, respectivamente



Na vista do Município de Crato para Juazeiro do Norte (ao fundo), é possível vislumbrar o céu carregado, que vem fazendo a alegria dos moradores das zonas urbana e rural, amenizando o calor do "BRO bró" ( Foto: Antônio Rodrigues )
00:00 · 30.11.2017 por Antonio Rodrigues - Colaborador

Crato. As chuvas fortes nos últimos cinco dias na região do Cariri, além de diminuir o calor, indicam a chegada do período de pré-estação. A maior delas foi registrada na madrugada do último sábado (25), em Barbalha, com 71mm. Nos meses de novembro e dezembro, as médias das precipitações no Sul do Ceará são acima de todas as outras regiões do Estado, com 22mm e 66mm, respectivamente.

Mas isso não significa que, no ano que vem, a quadra chuvosa (fevereiro a maio) será melhor que nos anos anteriores. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as chuvas em novembro e dezembro são comuns na região devido o fenômeno de vórtice ciclônico de altos níveis, que causa instabilidade atmosférica e facilita a formação de nuvens mais significativas.

No entanto, isso causa chuvas irregulares, às vezes, muito fortes, mas que podem ser fracas ou, até mesmo não acontecerem nos dias seguintes. "Variam muito de ano a ano. Tem anos que nem acontecem", afirma Raul Fritz, supervisor da unidade de Tempo e Clima da Funceme. No mês de janeiro, as chuvas de pré-estação devem abranger o restante do território cearense.

Até agora, os modelos climáticos não conseguem precisar se as chuvas fortes continuarão nos próximos meses. "Os fenômenos que acontecem são de baixa previsibilidade a longo prazo. Os sistemas não têm sensibilidade boa para captar e assimilar os fenômenos que trazem chuvas na pré-estação", completa Fritz.

O "inverno" em 2018 independe do fenômeno das chuvas de pré-estação, pois a quadra chuvosa é proveniente da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que só costuma aparecer em fevereiro. O modelo climático da Funceme, que roda em novembro, indica apenas os três próximos meses. Ou seja, apenas em janeiro poderá saber se no ano que vem teremos precipitações mais regulares.

La Niña

Segundo Raul Fritz, o fenômeno La Niña, que acontece no Oceano Pacífico, poderá ajudar a trazer mais chuvas. Por outro lado, a regularidade de chuvas depende do Oceano Atlântico. "Estamos observando a temperatura do mar. Se o Oceano Atlântico se mostrar desfavorável, a presença por si só da La Niña não ajuda" explica. Foi o caso de 2012, quando as chuvas ficaram abaixo do 50% da média. "É interessante em março ou abril. Se o Oceano Atlântico estiver favorável, espera-se chuva mais regular. Mas estamos precisando de uma estação chuvosa muito boa", completa. A chance de o Fenômeno El Niño, que agravou a seca no Nordeste, acontecer é quase nula.

Bacias

Os reservatórios do Ceará estão, em média, com 8% da sua capacidade e as chuvas em 2018 poderão indicar se os municípios entrarão em colapso hídrico. O Açude Castanhão, maior do Estado e que abastece a região de Fortaleza, está com 3,15% do volume total. A situação é ainda mais grave na região do Sertão de Crateús, em que apresenta, apenas, 0,3% de sua capacidade.

A Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh) está aguardando a previsão da Funceme para a quadra chuvosa, mas, mesmo com as precipitações mais regulares, os reservatórios podem ou não encher. "Isso é bem imprevisível. O Açude do Rosário, que atende Lavras da Mangabeira, começou o ano em torno de 10%. Em uma semana de chuvas, chegou a 37%. O açude é grande. É muita água para pouco tempo. Do mesmo jeito que ele pegou, o Olho D'água, em Varzea Alegre, fez foi perder água. Depois que a quadra chuvosa terminou, estava menor", lembra o gerente da Cogerh no Crato, Alberto Medeiros.

Esperança

A agricultura Maria Ana da Silva conta que as chuvas, nos últimos dias, não foram tão fortes na sua comunidade, o Assentamento 10 de Abril, em Crato. "Choveu pouquinho. Nem plantei, porque a terra não molhou ainda, mas, se Deus quiser, vai chover", acredita. Ela crê que o "inverno" será muito bom, pois a natureza demonstra isso. "A gente, que é agricultor desde de criança, tem nossa previsão. O pé de angico está 'chorando' uma resina na madeira, como se fosse uma vela. É sinal que vai chover. A aroeira tá florando muito e botando cacho de fruta. A imburana não tá carregada, também é sinal de que vai chover" garante Ana.

Maiores chuvas (mm)

Sábado (25)

Barbalha - 71.0
Crato (Lameiro) - 57.0
Juazeiro Do Norte - 48.0
Aurora - 16.5
Farias Brito - 12.0
Cariús (Sao Sebastiao) - 11.0
Mauriti 9.0
Aurora (Sitio Tipi) 7.2

Terça-feira (28)

Santana Do Cariri - 25.0
Crato (Lameiro) - 25.0
Abaiara - 20.0
Barbalha - 19.0
Juazeiro Do Norte - 17.0
Crato (sede) - 12.8
Aurora - 7.0

Fonte: Funceme

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Febre aftosa - prazo para vacinar rebanho termina neste sábado (2)


Matéria 09:30:00 Ceará


Febre aftosa - prazo para vacinar rebanho
termina neste sábado (2).
FOTO: Diário do Nordeste

A segunda etapa de vacinação contra febre aftosa, no Ceará, termina neste sábado (2). Nesta semana, qualquer criador cearense, cadastrado na Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), pode comprar a vacina para aplicar em seus bovinos e bubalinos. Serão vacinados somente aqueles com até 24 meses de idade. Criadores que não declararam na primeira etapa são obrigados a executar a vacinação de todos os bovinos e bubalinos, independentemente da idade. Fora desse período, a comercialização da vacina só será permitida mediante autorização da Agência.


Com um rebanho bovino superior a 2,4 milhões de cabeças de gado, o Ceará tem cerca de 913 mil animais na faixa etária de até 24 meses de idade, aptos a serem vacinados. Desde 2011, o desempenho do Estado em vacinação contra a febre aftosa ultrapassa a meta de 90% do rebanho.


Por esse desempenho constante, o Estado ostenta desde 2014 o certificado de “Estado livre da febre aftosa por vacinação”. O certificado é fornecido pela Organização Mundial de Saúde Animal. Com isso, os produtores cearenses podem transportar para todo o Brasil seus animais vivos, assim como produtos e subprodutos de origem animal.


Segundo o presidente da Adagri, Jaime Júnior, esse desempenho se deve ao esforço dos governos Federal e Estadual, aliado a uma forte parceria entre Adagri, Ematerce e prefeituras municipais, sindicatos, e, principalmente, a conscientização dos criadores cearenses.



No período de 3 de novembro a 2 de dezembro, os produtores podem adquirir a vacina no comércio. A partir da aquisição e da vacinação, eles terão até 15 dias para fazer a notificação nos escritórios da Adagri ou da Ematerce ou ainda nas prefeituras conveniadas. Para quem não vacinar – ou vacinar e não declarar- será aplicada multa de 5 Ufirs por animal. (Assessoria de Comunicação)

Chuvas pioram trajeto no desvio da CE-292 entre Crato e Nova Olinda


Matéria 09:49:00

As últimas chuvas que caíram no Cariri intensificaram as dificuldades vividas diariamente por motoristas no desvio que liga Crato a Nova Olinda, na CE-292. O Trecho em obras desde agosto é frequentemente motivo de transtornos para motoristas.

A obra dá acesso a cidades do Cariri Oeste e a Exu (PE).

De acordo com o motorista de transporte alternativo Wandeberg, as chuvas deixaram a estrada escorregadia e o percurso que precisa fazer todos os dias tornou-se ainda mais delicado.

Na manhã desta terça, um ônibus da empresa Guanabara atolou no local.

Segundo dados da Funceme, de ontem para hoje choveram em dez municípios cearenses, sendo a maior precipitação em Crato, com 25 milímetros, o que ocasionou uma dificuldade ainda maior para passar no trecho. (Site Miséria)

Reabertas inscrições para concurso de professor efetivo na UFCA


Matéria 18:41:00


Reabertas inscrições para concurso
de professor efetivo na UFCA. FOTO: Gabriel Souza

A Universidade Federal do Cariri (UFCA), por meio da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP), reabre as inscrições para professor efetivo do setor de estudo “Ensino das Ciências”. Está disponível uma vaga, com exigência da titulação de mestre.


As inscrições iniciam nesta sexta-feira (01), e seguem até 30 de dezembro. Os interessados devem se inscrever por meio da Plataforma FORMS no endereço: forms.ufca.edu.br



Mais informações em www.ufca.edu.br/portal/documentos-online/editais-2/concursoss/progep/7058--4872/file

Enel abre feirão para negociar dívidas dos consumidores


Matéria 13:34:00 Ceará, Principal

A partir desta segunda-feira (27), a Enel Distribuidora (antiga Coelce) está realizando um feirão de negociação de débitos para seus clientes. A ação está programada para encerrar em 29 de dezembro próximo, em suas lojas de atendimento.

Durante o feirão, a empresa oferece uma política diferenciada de parcelamento. Sem juros e sem atualização da dívida. A informação é da assessoria de imprensa da Enel.

As condições de parcelamento podem variar de acordo com a situação de cada cliente. Em junho deste ano, a companhia realizou outro feirão com condições especiais e registrou, ao todo, 14.526 parcelamentos.

Condições

Para participar, o cliente precisa ter, ao menos, uma fatura vencida há, no mínimo, 30 dias. Além da conta de energia, deverá levar seu CPF para a loja de atendimento e atualizar seu cadastro informando também telefone de contato e quando existente o e-mail.

A ação também será uma grande oportunidade para os clientes que tem dívidas antigas, pois terão condições diferenciadas.

Os grandes clientes que desejarem participar devem procurar a Enel por meio dos seus Executivos de atendimento durante a semana, em horário comercial, na sede da companhia. (Site Miséria)

Governo do Estado promove a 56ª Feira de Artesanato do Ceará



Cerca de 220 artesãos expositores representantes de entidades artesanais e grupos produtivos de 79 municípios participam da 56ª Feira de Artesanato do Ceará (Feirart) promovida pelo Governo do Ceará, através da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), de 30 de novembro a 2 de dezembro. A programação do evento, que será realizado de 17h às 22h, na Praça Luíza Távora, em Fortaleza, contará com oficinas de areia colorida, fibra vegetal e xilogravura, além de shows. A primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, e secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Josbertini Clementino, participarão da abertura da feira, nesta quinta-feira (30), a partir das 17 horas.
“Convido a todos para visitar a feira, apreciar e adquirir o legítimo artesanato cearense. Além de vender os seus produtos na hora, o artesão pode garantir novas encomendas. É a chance também de o consumidor comprar diretamente com o artesão”, destaca a primeira-dama. Onélia ainda ressaltou algumas conquistas garantidas pelo Governo do Ceará ao artesão. “A feira é mais ação do Governo para a valorização do trabalho do artesão. O governador Camilo assegurou ao artesão cearense, em 2015, a isenção fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços); o Selo Ceart (Certificação da Autenticidade dos Produtos Artesanais e de Reconhecimento das Obras de Arte Popular Cearenses); capacitações para aperfeiçoar o design dos produtos; além da realização de feiras. Vamos ainda inaugurar, em dezembro, o Centro de Rendeiras da Prainha”, citou a primeira-dama.
Premiação
Presépios de 20 artesãos participantes do XXI Concurso de Presépio Artesanal 2017 foram avaliados por uma comissão, formada por personalidades das artes e da cultura no Estado. Os três primeiros lugares receberão, na abertura da Feirart, prêmios nos valores: R$ 2.400,00; 1.200,00 e 800,00, respectivamente. A população pode conferir os presépios expostos na loja matriz da Ceart até o dia 6 de janeiro e adquirir os produtos após a premiação.
Shows
Quinta-feira (30) - Cacimba de Aluá
Sexta-feira (1) -Kbra da Peste
Sábado (2) – Zezinho da Paraíba e banda
Serviço
56ª Feira de Artesanato do Ceará (Feirart)
Onde: Praça Luíza Távora – Avenida Santos Dumont, 1589, Aldeota
Quando: de 30 de novembro a 2 de dezembro, de 17h às 22h

Pedro Lobo e Zé Aílton buscam terreno para construção da nova câmara municipal




O vereador Pedro Lobo (PT) esteve na segunda-feira (27), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, com o objetivo de discutir a doação de terreno por parte do Governo do Estado para a construção da nova sede da Câmara municipal de Crato. “É do interesse da mesa diretora, a qual faço parte, bem como de todos os vereadores que a câmara ganhe um novo espaço, por isso tenho levantado essa discussão e buscado forças para concretizar esse projeto”, explicou o parlamentar para justificar a viagem.
O parlamentar esteve no com o chefe de gabinete do governador, Fernando Santana, discutindo o projeto. Acompanhado do Prefeito cratense, José Ailton Brasil (PP), Pedro Lobo cumpriu agenda em outras secretarias nas quais tratou assuntos relevantes para o município de Crato.

Postado por flavio pinto

Levantamento aponta 357 municípios em situação de risco para dengue, zika e chikungunya, entre eles Fortaleza




O novo Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) indica 357 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Isso significa que mais de 9% das casas visitadas nestas cidades continham larvas do mosquito. No total, 3.946 cidades de todo o país fizeram o levantamento. Os dados foram apresentados pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (28), em Brasília. Na ocasião, também foi lançada a campanha publicitária de combate ao mosquito Aedes aegypti.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, destacou a importância de uma ação conjunta com estados e municípios para o desafio do combate ao Aedes. “O enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti é prioridade do Governo Federal, por isso definimos um dia de mobilização, a Sexta Sem Mosquito, quando mobilizaremos ministros de estado e autoridades locais para estarem em todos os estados do país chamando a atenção da população para a importância de combater o mosquito”, informou o ministro da Saúde.

Realizado de outubro até a 1ª quinzena de novembro, o LIRAa teve adesão recorde de municípios para este período do ano, com 3.946 cidades participantes, um aumento de 73% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando 2.282 municípios fizeram o levantamento. Essa ampliação foi possível porque neste ano o Ministério da Saúde publicou a resolução nº 12 que tornou obrigatória a realização de levantamentos entomológicos de infestação pelo mosquito Aedes aegypti. A realização deste monitoramento ficou condicionada ao recebimento da 2ª parcela do Piso Variável de Vigilância em Saúde, recurso extra, que deve ser utilizado exclusivamente para ações de combate ao mosquito. Até então, o levantamento era feito a partir da adesão voluntária de municípios.

Além das cidades em situação de risco, o LIRAa identificou 1.139 municípios em alerta, com índice de infestação de mosquitos nos imóveis entre 1% a 3,9% e 2.450 municípios com índices satisfatórios, com menos de 1% das residências com larvas do mosquito em recipientes com água parada. Entre as 17 capitais que o Ministério da Saúde recebeu informações sobre o LIRAa, estão com índices satisfatórios os municípios de Macapá (AP), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Teresina (PI), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Palmas (TO). As capitais com índices em estado de alerta, são: Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Vitória (ES), Recife (PE), Natal (RN), Porto Velho (RO), Aracajú (SE) e São Luis (MA). As capitais Belém (PA), Boa Vista (RR), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Brasília (DF) e Rio Branco (AC) não informaram os dados ao Ministério da Saúde.

Para o secretário de Vigilância em Saúde, Adeilson Cavalcante, o levantamento é fundamental para prever ações locais. “É necessária uma visão global da situação, por isso o levantamento tem papel essencial nas decisões nacionais, mas principalmente locais, porque o levantamento traz detalhes de focos de mosquito por bairros e com isso o gestor pode prever ações efetivas de controle da proliferação do mosquito”, destacou Adeilson Cavalcante.

O Mapa da Dengue, como é chamado o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), é um instrumento fundamental para o controle do mosquito. Com base nas informações coletadas no LIRAa, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas. O objetivo é que, com a realização do levantamento, os municípios tenham melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do mosquito Aedes aegypti.

CRIADOUROS – A metodologia permite identificar onde estão concentrados os focos do mosquito em cada município, além de revelar quais os principais tipos de criadouros, por região. Os resultados reforçam a necessidade de intensificar imediatamente as ações de prevenção contra a dengue, zika e chikungunya, em especial nas cidades em risco e em alerta.

O armazenamento de água no nível do solo (doméstico), como tonel, barril e tina, foi o principal tipo de criadouro nas regiões Nordeste e Centro-Oeste. Nas regiões Norte e Sul o maior número de depósitos encontrados foi em lixo, como recipientes plásticos, garrafas PET, latas, sucatas e entulhos de construção. Na região Sudeste predominou os depósitos móveis, caracterizados por vasos/frascos com água e pratos.

CAMPANHA PUBLICTÁRIA – A nova campanha do Ministério da Saúde de conscientização para o combate ao mosquito Aedes aegypti chama atenção da população para os riscos das doenças transmitidas pelo vetor (dengue, zika e chikungunya) e convoca a todos ao seu enfrentamento. O objetivo é mostrar que o combate à proliferação do mosquito começa dentro da própria casa, sendo responsabilidade de cada um, podendo gerar mudança positiva na vizinhança. O material alerta: “Um mosquito pode prejudicar uma vida. E o combate começa por você. Faça sua parte e converse com seu vizinho”.

A campanha começa a ser exibida nesta terça-feira (28) e será veiculada na TV, rádio, internet e redes sociais. Também está previsto o dia D de mobilização contra o mosquito, que ocorrerá no dia 15 de dezembro. A “Sexta Sem Mosquito”, como será chamada a ação, se estenderá até janeiro mobilizando os governos Federal, Estadual e Municipal para promoverem ações de limpeza nas cidades em casas, estabelecimentos privados e órgãos públicos.

AÇÕES – As ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti são permanentes e tratadas como prioridade pelo Governo Federal. Desde a identificação do vírus Zika no Brasil e sua associação com os casos de malformações neurológicas, o governo mobilizou todos os órgãos federais (entre ministérios e entidades) para atuar conjuntamente, além de contar com a participação dos governos estaduais e municipais na mobilização de combate ao vetor.

Para isso, o Ministério da Saúde tem garantido orçamento crescente aos estados e municípios. Os recursos para as ações de Vigilância em Saúde, incluindo o combate ao Aedes aegypti, cresceram 83% nos últimos anos, passando de R$ 924,1 milhões em 2010 para R$ 1,7 bilhão, em 2016. Para 2017, a previsão é que o orçamento de vigilância em saúde para os estados chegue a R$ 1,96 bilhão. Este recurso é destinado à vigilância das doenças transmissíveis, entre elas dengue, zika e chikungunya. O recurso é repassado mensalmente a estados e municípios. Além disso, desde novembro de 2015 foram repassados cerca de R$ 465 milhões para pesquisas e desenvolvimento de vacinas e novas tecnologias, além de destinar mais R$ 395,3 milhões para o eixo de assistência à saúde.

DENGUE – Até 11 de novembro de 2017, foram notificados 239.076 casos prováveis de dengue em todo o país, sendo observado uma redução de 83,7% em relação ao mesmo período de 2016 (1.463.007). Com relação ao número de óbitos, também houve queda significativa (82,4%), reduzindo de 694 óbitos em 2016 para 122 em 2017. Da mesma forma, os registros de dengue grave caíram 73%, de um ano para outro, passando de 901, em 2016, para 243 em 2017. Já dengue com sinais de alarme passou de 8.875 em 2016 para 2.209 em 2017, apresentando uma redução 75% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em todo país, a região Nordeste apresentou o maior número de casos prováveis (84.051 casos; 35,2%) em relação ao total do país. Em seguida aparecem as regiões Centro-Oeste (74.691 casos; 31,2%), Sudeste (55.381 casos; 23,2%), Norte (21.057 casos; 8,8%) e Sul (3.896 casos; 1,6%).

A análise da taxa de incidência de casos prováveis de dengue (número de casos/100 mil hab.), em 2017, até o dia 11 de novembro, segundo regiões geográficas, evidencia que as regiões Centro-Oeste e Nordeste apresentam as maiores taxas de incidência: 476,9 casos/100 mil hab. e 147,7 casos/100 mil hab., respectivamente. Entre as Unidades da Federação (UFs), destacam-se Goiás (906,3 casos/100 mil hab.), Ceará (457,7 casos/100 mil hab.) e Tocantins (322,5 casos/100 mil hab.).

CHIKUNGUNYA – Até 11 de novembro, foram registrados 184.458 casos prováveis de febre chikungunya, o que representa uma taxa de incidência de 89,5 casos para cada 100 mil habitantes. A redução é de 32,1% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 271.637 casos. A taxa de incidência no mesmo período de 2016 foi de 131,8 casos/100 mil/hab.

A região Nordeste apresentou o maior número de casos prováveis de febre de chikungunya (141.363 casos; 76,6%) em relação ao total do país. Em seguida aparecem as regiões Sudeste (23.169 casos; 12,6%), Norte (16.125 casos; 8,7%), Centro-Oeste (3.467 casos; 1,9%) e Sul (334 casos; 0,2%).

Neste ano, foram confirmados laboratorialmente 149 óbitos. No mesmo período do ano passado, foram 211 mortes confirmadas, uma redução de 29,4%.

ZIKA – Até 11 de novembro, foram registrados 16.870 casos prováveis de zika em todo país, uma redução de 92,1% em relação a 2016 (214.126). A taxa de incidência passou de 103,9 em 2016 para 8,2 neste ano.

As regiões Centro-Oeste e Norte apresentam as maiores taxas de incidência: 38,3 casos/100 mil hab. e 12,2 casos/100 mil hab., respectivamente. Entre as UFs, destacam-se Mato Grosso (64,5 casos/100 mil hab.), Goiás (55,9 casos/100 mil hab.), Tocantins (45,5 casos/100 mil hab.) e Roraima (43,4 casos/100 mil hab.). Em relação às gestantes, foram registrados 2.197 casos prováveis, sendo 901 confirmados por critério clínico-epidemiológico ou laboratorial.

Com informações do Ministério da Saúde

Eunício, Moses e prefeito e discutem projeto para ampliar ensino superior em Campos Sales


O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) recebeu nesta terça-feira (28) o deputado federal Moses Rodrigues e o prefeito de Campos Sales, Moésio Loiola. Na ocasião, eles discutiram sobre apoio financeiro, à nível federal, para que o município possa abrigar uma extensão da Universidade Regional do Cariri (Urca).

De acordo com Moésio, alguns cursos de extensão da Universidade são ofertados na cidade, entretanto, funcionam de forma improvisada. “Esses cursos de extensão já contam com aproximadamente 1100 alunos, mas eles funcionam de forma improvisada. Conversamos com o reitor da Urca, ele nos pediu a apresentação de um projeto e a doação de um terreno. O terreno de 20 mil metros quadrados já está pronto e praticamente urbanizado e o que queremos é justamente tirar aquela estrutura do improviso com uma extensão da Urca”, disse o prefeito.

O deputado Moses Rodrigues reforçou a luta pela extensão da universidade. Ele informou que junto com o presidente do Senado, buscará recursos e apoios para a realização do pleito. “O que nós pactuados aqui hoje com o prefeito e com o presidente do Senado foi em relação a construção desse espaço para abrigar a extensão da Urca e assim tornar Campos Sales um centro universitário que possa atender os estudantes da cidades e de toda região”, argumentou.

O presidente do Senado recebeu o projeto para construção da estrutura e disse que reforçará essa luta junto ao ministério da Educação.

Com informações da Ascom

Eunício Oliveira celebra R$ 33 milhões para o Cinturão das Águas do Ceará



Presidente do Senado disse que há um grande esforço para que obras de convivência com a seca sejam concluídas o mais rápido possível





28/11/2017 query_builder 14:34




Opresidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), comemorou no Facebook, nesta terça-feira (28), o repasse de R$ 24,28 milhões para o projeto Cinturão das Águas do Ceará feito pelo Ministério da Integração Nacional, feito com a sua articulação. No começo do mês, foram R$ 8,7 milhões, totalizando R$ 33 milhões.

“Assegurar a conclusão das obras da Transposição e do Cinturão das Águas do Ceará, tem sido uma das prioridades do nosso mandato. Há um grande esforço para que essas importantes obras sejam concluídas o mais rápido possível, principalmente diante deste terrível quadro de seca que perdura há seis anos”, disse Eunício.

O senador reiterou que com Transposição do São Francisco e o Cinturão das Águas será possível assegurar o abastecimento de água regular para milhões de cearenses, incluindo os que vivem na Região Metropolitana de Fortaleza.

Alto risco de infestação de dengue atinge oito municípios do CE





O Ceará apresentou a segunda maior taxa de incidência de dengue no Brasil e a maior do Nordeste, com 457,7 casos da doença por 100 mil habitantes
01:00 · 29.11.2017

Oito municípios do Estado do Ceará possuem alto risco de infestação do mosquito Aedes aegypti para a incidência de dengue, chikungunya e zika, podendo provocar surto. Os dados são do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado ontem pelo Ministério da Saúde.

Araripe, Canindé, Capistrano, Chorozinho, Itapiúna, Itatira, Quixadá e São Luis do Curu possuem número superior a 4% no Índice de Infestação Predial (IIP), método que relaciona o número de imóveis com infestação do mosquito e o total de edificações pesquisadas nos municípios.

O número é o menor do ano avaliado pelo LIRAa, cuja edição anterior, referente ao mês de julho de 2017, apontou risco de surto em 45 municípios cearenses. De lá para cá, o índice de infestação diminuiu mais de 500%. No ano passado, o Ceará fechou o ano com 12 cidades em alto risco.

Com média infestação, foram consideradas pelo Ministério como "em alerta" 49 cidades no Ceará, o que representa 27,07% dos locais investigados no Estado. Do restante, 124 municípios foram avaliados com baixo índice de infestação, incluindo a Capital. O número simboliza 68,5% dos municípios cearenses que adotaram o LIRAa. As localidades de Nova Olinda, Pereiro e Quixeramobim foram as únicas das 184 cearenses que não participaram do levantamento. No fim de 2016, só 111 participaram da análise.

Com os resultados, as secretarias de saúde municipais e do Estado podem adotar estratégias a fim de controlar áreas com alto índice de presença do mosquito. Em nota, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) afirmou que o Estado "aumentou a amostra de municípios que aderiram ao Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) e melhorou os indicadores".

Além disso, a Sesa pontuou que o governador Camilo Santana garantiu um incentivo de R$ 10 milhões para as localidades que obtiverem melhor resultado contra as arboviroses.

Incidência

Por outro lado, o Ceará apresentou a segunda maior taxa de incidência de dengue no Brasil e a maior do Nordeste, com 457,7 casos da doença por 100 mil habitantes. Na análise nacional, o Estado ficou atrás apenas de Goiás, cujo índice foi de 906,3 quadros da arbovirose. A média do Brasil, averiguada pelo Ministério da Saúde, corresponde a 116 casos em 2017. Embora os números tragam destaque para a região, o órgão verificou redução de 83,7% no número de pessoas que apresentaram dengue em todo o País.

Ematerce vai perfurar seis mil poços



O objetivo é garantir segurança hídrica para os pequenos produtores, com ou sem chuvas satisfatórias



00:00 · 29.11.2017 por Alex Pimentel - Colaborador

O financiamento será garantido pelo BNB, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ( Foto: Honório Barbosa )

Quixadá. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) pretende incrementar a produção rural da agricultura familiar no Interior do Estado. A meta é instalar seis mil poços, de três tipos, em pequenas propriedades rurais. O objetivo é garantir segurança hídrica para os pequenos produtores, independentemente da quadra chuvosa, irregular e escassa nos últimos seis anos na maioria das regiões.

O investimento será de R$ 100 mi. O financiamento será garantido pelo Banco do Nordeste (BNB), por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com juros de 2,5% ao ano, carência de até três anos e dez anos para pagar, por meio do Programa de Financiamento à Projetos para o uso eficiente e sustentável da água (FNE-Água). Os juros vão de 6% a 9% ao ano, com carência de quatro anos e prazo de 12 anos para pagamento, informa a Ematerce.

Segundo a Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca, responsável pela assinatura do Protocolo para Projeto de Produção, atualmente o Ceará tem aproximadamente 40 mil poços perfurados, mas a demanda é cada vez maior, diante de uma das maiores estiagens do último século. Serão construídos poços dos tipos amazonas, tubular raso e tubular profundo, chegando a um incremento de 25% no número de poços.

A divulgação foi feita na solenidade de assinatura de protocolo para Projeto Poços de Produção, no Plenário da Assembleia Legislativa do Ceará. O presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, deputado Carlos Matos, enfatizou a importância do projeto para o incremento da produção rural, principalmente para os pequenos agricultores. "Se atingirmos a meta de seis mil poços, resolveremos grande parte dos problemas de segurança hídrica e produção rural no Estado", destacou.

Do total de seis mil poços a serem perfurados, a Ematerce já selecionou 2.680 produtores interessados. Somente no Sertão Central, mil produtores manifestaram a intenção de serem atendidos com o Projeto.

O presidente da Ematerce, Antônio Amorim, avalia o Projeto como uma oportunidade grandiosa para aproveitar o potencial produtivo e criativo do produtor rural, mesmo diante de crise hídrica tão séria. "Presenciamos experiências formidáveis com a produção de tilápia em criatórios de tanques em pleno sertão, apenas utilizando água de poço e ainda usando a mesma água do peixe para irrigação de frutas", ressaltou.

Apesar de o BNB já liberar recursos para a perfuração, o financiamento especial irá atender uma demanda maior de produtores interessados. O poço tubular profundo custa, em média R$ 7 mil, com até 70m.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Prefeitura de Juazeiro diz fazer levantamento para realizar concurso público

Após ação pública movida pelo Ministério Público e acatada pela Justiça, que determinou prazo de 180 dias para a Prefeitura de Juazeiro do Norte realizar concurso público, a assessoria de imprensa da prefeitura se manifestou através da seguinte nota:
"Diante da importância e necessidade da realização de concurso público para o funcionalismo público municipal, a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte está realizando levantamento para constatar as funções efetivas que deverão ser criadas por lei, para provimento de cargos por concurso público de provas e títulos. Um calendário será elaborado com essa finalidade.
O Prefeito Arnon Bezerra determinou a realização do Censo Previdenciário Municipal, em execução desde o dia 09 de outubro, até o próximo dia 30, e expediu Ato Administrativo onde ficou estabelecido o cronograma para realização do concurso público.
Com o levantamento de dados realizado por meio do Censo Previdenciário Municipal, ocorrerá o planejamento das etapas preparatórias do concurso. Diante disso, serão detectadas as carências funcionais, por setores da administração, com posterior aprovação da Câmara Municipal de uma legislação criando os cargos efetivos, além de ser observado o impacto no orçamento público, respeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
O censo acontece por meio do Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte (Previjuno) e se destina aos servidores ativos, inativos e pensionistas, onde consiste no cadastro, por meio de biometria digital, captação de imagem e digitalização dos documentos originais. A realização do concurso público causará um impacto direto no sistema previdenciário, por isso a necessidade de estudos mais embasados.
O Município dispõe de um sistema de previdência própria e, para que haja realização de concurso público é necessário observar a carência e o impacto atuarial, ou seja, saber como está o instituto de previdência e a realidade dos servidores para que haja um planejamento a médio e longo prazo.
A administração reforça o interesse na realização de concurso público, desde que foi iniciada a gestão do Prefeito Arnon Bezerra, dentro dos princípios legais, levando em consideração os prazos a serem estabelecidos, e com isso poder prestar um serviço qualificado à população juazeirense, por meio da municipalidade", diz a nota.

Prefeitura de Campos Sales começa reformar espaço que vai receber brinquedopraça

Fotos: Daniel Laureano/Kariri Oeste

Campos Sales, no Cariri Oeste, vai ganhar nas próximas semanas, uma brinquedopraça. Acerto nesse sentido foi firmando entre o prefeito Moésio Loiola (PSD) e o Gabinete da Primeira-dama Onélia Leite Santana.
E para receber esse importante equipamento de lazer para crianças e pais, a Secretaria de Obras de Campos Sales vem trabalhando, por determinação de Moésio Loiola, de forma célere para entregar a praça que vai receber a brinquedopraça. A estimativa é de que o equipamento seja inaugurado com a presença da primeira-dama e do secretário de Desenvolvimento Social e Trabalho, Josbertini Clementino, até o final deste ano.


Escolas do Ceará têm o melhor índice do Ideb no Norte-Nordeste

o Ceará, 33% das escolas bateram a meta nacional de qualidade estipulada pelo próprio MEC para 2021, que corresponde ao nível 6 no Ideb. Outras duas em cada três (67%) escolas dos anos iniciais do ensino fundamental avaliadas em 2015 ainda não chegaram ao patamar mínimo de qualidade definido pelo Ministério da Educação. 
Apesar de menos da metade escolas do estado terem avaliação considerada boa, o índice do Ceará é o melhor do Norte e Nordeste. Piauí aparece em segundo lugar na região, com 11% das escolas com nota 6 no Ideb.
Todos os outros estados do Nordeste têm apenas 4% ou menos de suas escolas com índice considerado bom pela avaliação do Ideb.
Mapa mostra a porcentagem de escolas dos anos iniciais do fundamental que já atingiram o Ideb 6, meta esperada para 2021 (Foto: Alexandre Mauro/G1)Mapa mostra a porcentagem de escolas dos anos iniciais do fundamental que já atingiram o Ideb 6, meta esperada para 2021 (Foto: Alexandre Mauro/G1)
 Mapa mostra a porcentagem de escolas dos anos iniciais do fundamental que já atingiram o Ideb 6, meta esperada para 2021 (Foto: Alexandre Mauro/G1)

O que é o Ideb

O Ideb foi criado em 2005, depois que a Prova Brasil passou a ser censitária para o ensino fundamental, ou seja, aplicada em todas as escolas do país. Entre 2005 e 2015, o número de escolas que já conseguiram atingir esse patamar mínimo de qualidade cresceu 66 vezes.
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que aplica a Prova Brasil e calcula o Ideb, definiu a meta do Ideb estimando que o desempenho 6 (entre 0 e 10) corresponde ao desempenho médio dos estudantes do 5º ano do fundamental da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) na edição 2003 do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa).

Patamar mediano

Cada escola tem sua própria meta individual, calculada na primeira edição do Ideb, em 2005. Por isso, algumas têm que atingir, até 2021, metas abaixo do nível 6, enquanto outras têm metas bem mais altas – mas, para o Brasil chegar à meta 6, cada escola precisa atingir sua meta própria.
Porém, como o indicador foi estabelecido usando parâmetros para comparar a qualidade do ensino do Brasil com o de países desenvolvidos, e o nível 6 indica o aprendizado médio desses países, o estudo buscou analisar as escolas dos anos iniciais do fundamental de acordo com esse patamar mínimo de qualidade. 

FONTE G1 

Lançado edital de seleção para Gestores Escolares da rede estadual


O Governo do Ceará, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), lançou nesta quarta-feira (22) o Edital Nº24/2017 de seleção de Gestores Escolares da rede pública estadual. As inscrições iniciam às 9h do dia 27 de novembro, e seguem até o dia 06 de dezembro, e serão feitas exclusivamente via internet, no site http://certificacaodegestores.ced.ce.gov.br.

A seleção é uma realização do Centro de Educação a Distância (CED) e será exclusiva para candidatos aprovados na primeira etapa de processos seletivos anteriores. Os concorrentes terão que realizar um curso de atualização em Gestão Escolar, e uma prova escrita. Para participar da seleção, o candidato precisa estar em dia com obrigações eleitorais (em caso de candidatos do sexo masculino, também com militares); não ter antecedentes criminais; não ter sofrido pena por procedimento administrativo disciplinar, civil ou criminal nos últimos quatro anos; possuir graduação superior; e ter experiência mínima de dois anos de docência comprovada.
Curso de atualização

Todos os candidatos terão que participar do curso de atualização em gestão escolar, com carga horária de 100h. Só poderão realizar a prova escrita os concorrentes que obtiverem média desejável na formação. As aulas serão ofertadas a distância, de 13 de dezembro até 07 de janeiro, no endereço eletrônico http://avaced.seduc.ce.gov.br. A carga horária será dividida em cinco módulos: Introdução ao Ambiente Virtual, Legislação Educacional, Gestão Democrática e Participativa, Gestão Pedagógica e de Resultados Educacionais e Sistema Integrado de Gestão Escolar (Sige). A divulgação final da relação de candidatos aptos a fazer a prova será no dia 11 de janeiro.
Prova

A avaliação escrita será realizada no dia 14 de janeiro de 2018, de 9h às 11h30. A prova será baseada no conteúdo do Curso de Atualização em Gestão Escolar. O resultado final será divulgado no dia 23 de janeiro através do site http://certificacaodegestores.ced.ce.gov.br.
Academia APEOC

O Sindicato APEOC realizará uma edição para preparar os candidatos interessados em participar da seleção pública de Gestores Escolares do Estado. O conteúdo das aulas será correspondente ao exigido no edital. Mais informações sobre as inscrições em breve.

EDITAL

Fonte:https://www.apeoc.org.br

FPM: Segundo decêndio apresenta queda no repasse

As prefeituras recebem na quinta-feira, 20 de setembro, o 2º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que apresenta queda no r...