sexta-feira, 17 de março de 2017

Curso de Administração Pública da UFCA é o melhor do Nordeste e o 10º do País



O curso de Administração Pública da Universidade Federal do Cariri (UFCA), de acordo com os dados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), é o 1º melhor do Nordeste e o 10º do Brasil. A graduação, que iniciou as atividades no segundo semestre de 2011, atingiu ainda o 1º lugar do Nordeste e o 14º do País no Conceito Preliminar de Curso (CPC), dado também divulgado pelo MEC. Ao todo, 51 cursos foram avaliados em ambos os conceitos.


De acordo com o professor Augusto de Oliveira Tavares, coordenador de Administração Pública, a classificação “denota que todo o esforço tem rendido bons resultados e que os estudantes têm levado a sério a sua formação e o seu compromisso com o curso e o campo das Públicas”. Para o coordenador, o bom resultado veio a partir do engajamento e compromisso dos estudantes e professores com o campo de Públicas, da integração entre teoria e prática, da busca pelo aperfeiçoamento das metodologias de ensino e da promoção de oportunidades que aprimorem a aprendizagem dos docentes.


“A última prova do ENADE valorizou bastante a capacidade de crítica, a partir de entendimento dos processos sociais amplos, tratando os conteúdos de forma contextualizada. Os nossos estudantes são muito bons nisso, fruto da formação que recebem de uma equipe de professores que têm um perfil interdisciplinar”, disse. “Fizemos algumas reuniões para esclarecer sobre os procedimentos do ENADE e falar da sua importância. Mas, fora isso, a formação ofertada do dia a dia do Curso foi suficiente para obtermos um bom resultado”, destacou.


Nos dois conceitos o curso de Administração Pública atingiu nota 4. De acordo com a professora Caroline Vieira Gonçalves, da Procuradoria Educacional Institucional da Pró-reitoria de Ensino (PROEN), os conceitos variam de 1 a 5. Quanto mais próximo de 5, melhor é o curso de graduação. “Isso acarreta uma maior procura pelo curso de graduação por parte dos estudantes, auxilia na busca de recursos via órgãos de fomento, também possibilita à Instituição pleitear mais recursos junto ao orçamento federal, influencia de forma positiva na abertura de futuros cursos de pós-graduação”, ressaltou a importância do bom resultado.


Administração Pública
O curso de Administração Pública, atualmente, está localizado no campus Juazeiro do Norte. Conta com 198 estudantes matriculados e um corpo de 11 professores: quatro doutores, cinco doutorandos e dois mestres, formados em diferentes campos de saber, proporcionando um caráter multidisciplinar à formação. A entrada é anual, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Atua com cinco projetos de de Integração, Ensino e Extensão (PEEX), um programa de Extensão e três projetos do Programa de Iniciação à Docência (PID). Há ainda, de acordo com o coordenador, os projetos específicos dos professores que estão cursando ou concluíram seus doutorados recentemente, que agregam conhecimento para o curso.


Na UFCA, a graduação oferece uma formação generalista com um foco na Gestão Social. A matriz curricular possui dois grandes eixos temáticos: Democracia e Sociedade (eixo 1) e Estado e Governança Pública (eixo 2). O eixo Democracia e Sociedade agrega as unidades curriculares de Estado e Sociedade e Gestão Social. O outro concentra as unidades curriculares de Gestão Pública e Políticas Públicas, Contabilidade e Finanças Públicas. As Áreas Transversais são compostas pelas unidades curriculares de Direito, Economia, Metodologia de Pesquisa e Administração.


De acordo com o professor Augusto Tavares, as possibilidades de atuação são diversas, desde setores ligados ao Poder Público até a atuação em organizações sociais públicas, do terceiro setor ou privadas. “Alguns egressos do nosso curso prestaram concursos e atuam em órgãos públicos, outros e até mesmo estudantes que ainda estão no processo de formação, também já atuam no setor público ou em organizações sociais dentro do campo da Administração Pública e Gestão Social”, ressaltou.


Enade
O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), criado pela Lei nº. 10.861, de 14 de abril de 2004.


O objetivo do Enade é avaliar e acompanhar o processo de aprendizagem e o desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação; suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico da profissão escolhida, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento.


CPC
Já o Conceito Preliminar de Curso (CPC) é um indicador de qualidade que avalia os cursos superiores. É calculado no ano seguinte ao da realização do Enade de cada área. Leva em consideração a avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e demais insumos, conforme orientação técnica aprovada pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes). (Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...