segunda-feira, 13 de março de 2017

Vila da Música é inaugurada em Crato




Na região do Cariri, um centro de socialização e de cidadania através da educação musical. É assim que surge a Vila da Música, inaugurada pelo governador Camilo Santana na tarde deste sábado (11), no Crato. Primeiro equipamento cultural de competência do Estado no Interior, o espaço conta com infraestrutura moderna e dedicada a atender estudantes - crianças, jovens e adultos -, distribuídos em diversos cursos de diversos instrumentos, como violino, viola, violoncelo, contrabaixo e violão.

A obra entregue vai funcionar em parceria do Governo do Ceará - através da Secretaria da Cultura - com a tradicional escola de música Sociedade Lírica de Belmonte (Solibel), fundada pelo Padre Ágio Augusto Moreira na década de 1970. A instituição cratense tem como temas centrais a socialização, a formação humana e o ensino musical, diretrizes estas que foram incorporadas à Vila da Música, fomentando a cidadania através da educação musical e criando oportunidades para o desenvolvimento humano, econômico e territorial sustentável.


Idealizador da escola de música há quase 50 anos,
Padre Ágio, de 99 anos, também participou da solenidade.
Camilo Santana enfatizou a sua felicidade ao abrir as portas da Vila da Música. Ele destacou que os planos de trazer apoio público ao trabalho realizado pela Solibel era sonho antigo, e que agora beneficiará ainda mais o povo do Cariri.

"Esse equipamento tem um simbolismo muito forte. A Solibel tem uma história na região do Cariri. Desde que eu era menino, quando passava pelo Belmonte, parava para ver o trabalho feito pelo Padre Ágio, levando música a filhos de agricultores, com apresentações que sempre nos emocionava. Aqui nós resolvemos abrir esse espaço, que firma o reconhecimento do Governo do Estado ao trabalho da Solibel. Me emociono em entregar esse equipamento, porque ele significa muito para mim, para minha família e para a região", declarou.

Inicialmente, 180 estudantes receberão os cursos na Vila. Foram adquiridos, por meio da Secretaria das Cidades do Estado do Ceará, 312 instrumentos musicais,

entre violinos, violoncelos, flautas, clarinetes, piano de cauda, saxofones, acordeões, dentre outros, além de toda a estrutura para a realização das diversas atividades formativas. O corpo profissional que integrará o equipamento será formado por membros da própria Solibel, além de funcionários cedidos por Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) e Prefeitura Municipal do Crato.

O secretário da Cultura do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, lembrou durante a inauguração que a Vila da Música compõe o Programa Escolas da Cultura, da Secult, um conjunto de ações voltadas para a formação no campo da arte e na democratização do acesso aos processos formativos e educativos em artes e cultura. "Cumprimos aqui um compromisso do Governo do Ceará. Viva a Vila da Música", vibrou.

A Vila da Música foi inaugurada com grande festa, repleta de homenagens e também valorização de talentos do Cariri. Logo na entrada do equipamento, a comitiva do governador foi recebida pelo som tradicional da Banda Cabaçal, formada pelos Irmãos Aniceto. Além da apresentação, o grupo recebeu do governador instrumentos novos.

No auditório da Vila, orquestra organizada pela Selibel e jovens músicos do Crato se apresentaram para o público. Idealizador da escola de música há quase 50 anos, Padre Ágio, de 99 anos, também participou da solenidade. Desejou sucesso a juventude que agora contará com o equipamento e mais estrutura a seu favor. Além de cantar com a orquestra, Padre Ágio ainda recebeu homenagens e saudações a cada discurso.


Compromisso com o Crato
Presidente da Solibel, José Vanderlei Landim reforçou o compromisso nutrido por Camilo Santana para que o legado de Padre Ágio continue a dar frutos. "Esta obra da Vila da Música é fruto de um trabalho de 50 anos, que começou com Padre Ágio, ensinando música para a comunidade. Agora continua, com apoio do Governo do Estado, e com toda a nova estrutura".

Jovens em destaque
Otávio Nunes, de 18 anos, circulou ao longo da tarde inteira pelas instalações da Vila da Música, carregando consigo aquele que desde bem cedo é seu instrumento: o violino. O estudante é um dos que passarão a usufruir de mais estrutura para seguir desenvolvendo seus talentos na música.

"Aqui é um novo começo. Pra gente como eu, que busca aprender o instrumento desde pequeno, começar a vir pra Vila é um salto de qualidade. Estou muito empolgado para passar a maior quantidade de tempo possível aqui dentro, aprendendo mais e mais sobre música".

Mais sobre a Vila.

O novo espaço cultural compreende uma área de 2.713,38 m², em um terreno de 3.242,78 m², com investimento de R$ 3,2 milhões de reais por meio do Banco Mundial (Bird). Ele tem como premissa a criação de um espaço que também possa ser utilizado paralelamente para a realização de eventos externos. A Vila da Música conta com auditório, biblioteca, salas de aula de grupo e individuais, estúdio, setor administrativo, refeitório, cozinha, despensa, vestiários, banheiros, laboratório de informática, oficina de instrumentos, quadra poliesportiva e estacionamento.
 (Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...