terça-feira, 7 de março de 2017

Dr. Disciplina: cão chora em dia de chuva! O que fazer?

por Valéria Feitosa


O Diário do Nordeste publica toda segunda-feira esta seção semanal Dr. Disciplina. Os consultores caninos Jackson Maciel e Henrique Silva, a cada quinzena, se revezam tirando dúvidas sobre o comportamento de cães.

Tira-dúvida #06: o cão chora quando chove? O que fazer?

Hoje vamos responder a pergunta do jornalista Glêdson Araújo: “Tenho um cachorro da raça Shih-tzu, de 4 anos. Toda vez que chove, ele chora muito e, em algumas vezes, fica latindo. O mais contraditório é que, mesmo tendo abrigo (uma garagem bem espaçosa e coberta), ele sai para tomar banho de chuva, fica todo molhado e depois volta para a garagem e começa a chorar. O que fazer?”.

Dr. Disciplina, Jackson Maciel: “Olá, Glêdson, tudo bem? Veja, o comportamento do seu Shih-tzu não é comum. Com certeza está relacionado aos barulhos de trovões ou mesmo da própria chuva que faz ele latir para sair e se molhar. Possivelmente, ele usou esse artifício de latir para conseguir sair e conseguiu. Então agora ele repete o comportamento para atingir o seu objetivo que é o de brincar na chuva. O que você deve fazer é distraí-lo na hora em que estiver chovendo, chamando a sua atenção para algo mais interessante. Primeiro, faça um treinamento na caixa de transporte, com ele simulando uma toca. Os cães gostam de ficar em lugares mais fechados, quando precisam se sentir protegidos. Coloque ossinhos ou outros petiscos dentro da caixa, ofereça brinquedos que ocupem a mente dele. Também pode colocar petiscos em uma garrafa pet ou até mesmo dentro de um brinquedo para que ele ocupe a mente, enquanto tenta comê-los. Assim, o seu cãozinho perderá o foco na chuva, e passará a prestar atenção a momentos agradáveis. Nos casos de maiores dificuldades de aprendizado, o certo é procurar um profissional em comportamento canino. Boa sorte!”

O que é o Dr. Disciplina?

A seção conta com a participação dos consultores em comportamento canino Jackson Maciel e sua esposa Kátia Saraiva, sócios no trabalho de adestramento de cães e proprietários do Casa Hotel (pet service e hospedagem); e também de Henrique Silva, da Adestramento e Comportamento Edukdog. Toda segunda-feira, eles dão dicas e recomendações sobre o que fazer com cães com distúrbios de comportamentos, tais como:
latidos excessivos;
ataques caninos a móveis, calçados, roupas e demais objetos em casa;
ciúme ou possessividade em relação a algum membro da família, brinquedos, alimento ou móveis da casa;
auto-mutilação, lambendo patas ou mordendo a cauda até ferir;
mesmo sendo cães de companhia, se comportam como se fossem cães de guarda, atacando visitas;
entre outros distúrbios que comprometem uma convivência pacífica com a família
Jackson Maciel é especializado em comportamento de cães

Vale destacar que as dicas são orientações gerais. Para casos mais graves de distúrbios de comportamento, tais como agressividade extrema, o correto é contratar um profissional especializado para um trabalho semanal ou, até mesmo, diário. Boa sorte!

TEM SUGESTÃO PARA ALGUM TEMA? OU DÚVIDA? Se você tem alguma dúvida sobre o comportamento canino, envie pergunta para este blog através do email dr.disciplina@gmail.com ou ainda pelo WhatsApp (85) 9 9996.9946.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...