quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Fetraece exige pressa na liberação de recursos


Apesar do incidente com uso de spray de gás de pimenta, por parte da Polícia Militar, contra lideranças de agricultores, no ato de ocupação dos jardins do Palácio Abolição, na segunda-feira passada, dirigentes de sindicatos de trabalhadores
rurais e líderes comunitários, no Interior do Ceará, avaliaram de forma positiva o resultado do encontro que mantiveram com o governador Camilo
Santana.
O presidente e o secretário de Finanças da Federação dos Trabalhadores Rurais do Ceará, Luís Carlos Ribeiro e Raimundo Martins, respectivamente, foram atingidos nos olhos e boca com gás de pimenta. "Foi um dia tenso, mas positivo para o movimento", disse Luís Carlos Ribeiro. As lideranças pedem urgência nas ações de liberação de recursos, instalação de poços já perfurados, dessalinizadores e construção de obras hídricas.
O relato dos dirigentes sindicais é um só: é grave a escassez de água para abastecimento humano e animal no sertão. "Temos pressa. As nossas reivindicações tinham sido encaminhadas desde abril do ano passado e estavam paralisadas", frisou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Independência, Joaquim Rosa da Silva.
Desprevenido
O ato de anteontem foi realizado de surpresa, sob a coordenação da Fetraece, e a Polícia Militar interveio com spray de gás de pimenta, tentando impedir o acesso dos trabalhadores rurais aos banheiros e a áreas de sombra. "Eu mesmo fui atingido na boca, mas nós somos cidadãos, trabalhadores e estamos em busca dos nossos direitos", disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tauá, Francisco Alves Pedrosa.
O presidente da Fetraece disse esperar que as ações sejam colocadas em prática com urgência. No fim da tarde de ontem, diretores da Fetraece avaliaram o movimento do dia anterior.
Segundo as informações de Luís Carlos Ribeiro, os recursos anunciados pelo governo, no valor de R$ 2,5 milhões, serão liberados para a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), que vai firmar convênio com a Fetraece e cuidar dos trâmites legais para instalação de cem poços profundos: "Não ficou acertado que receberíamos o recurso. Vamos, inicialmente, firmar parceria com a SDA. Os poços serão instalados por empresas privadas contratadas".
Demandas
O governo também assumiu o compromisso de apressar a entrega de 7.300 títulos de propriedade rural que ainda estão pendentes e aplicar projetos de biotecnologia de reúso da água de banho, lavatório, pia e lavagem de roupa para produção de alimentos, nos municípios que dispõem do projeto Paulo Freire.
O município de Independência necessita de instalação de 16 dessalinizadores, segundo Rosa da Silva. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tauá informou que as cidades da região precisam de poços, cisternas e barragens subterrâneas. "É muito grave a escassez de água nos Inhamuns", observou.
Mais informações:
SDA
Avenida Bezerra de Menezes,
1820 - São Gerardo
Fortaleza
Telefone: (85): 3101-8002
por Honório Barbosa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Juazeiro do Norte abre processo seletivo com 222 vagas           0 12:07  ·  21.08.2017 /  atualizado  às 12:07  · 21.0...