quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Camilo em Salitre



O Governador do estado, Camilo Santana, ao visitar o município de Salitre, no Cariri-Oeste cearense, para inaugurar a Rodovia Estadual que interliga o município à cidade de Araripina, no Estado do Pernambuco, e alguns sistemas de abastecimento d água, além de dar ordem de serviço para a construção de um Centro de Referência e um Centro de Educação Infantil,, foi surpreendido com um pedido especial do Prefeito do município.Durante, o ato solene, o prefeito Rondilson Ribeiro de Alencar e o suplente de deputado estadual Agenor Ribeiro, aproveitaram para, em nome da população de Salitre, solicitar ao governador Camilo Santana, que ele possa solucionar o problema do sistema de abastecimento d água em Salitre, por ser a maior reivindicação da população, que há vários anos tem que comprar água para consumir e vive esse drama diariamente. Foi solicitado ainda, pelos mesmos, o alargamento da rodovia estadual que liga Salitre a Campos Sales, numa extensão de 26 kms, inclusive com ciclovias, a pavimentação asfáltica em várias ruas na sede do município, a construção de uma escola de ensino profissionalizante e saneamento básico para a sede do município.O Governador Camilo Santana foi muito sensível às reivindicações feitas, e que se comprometeu em dar toda a prioridade em atender seus pedidos, principalmente em relação ao sistema de abastecimento d água, tendo em vista ele haver destacado em seu pronunciamento ser um compromisso seu, em solucionar de uma vez por todas esse secular problema que atormenta a população de Salitre, como forma de retribuir a gratidão que ele tem, para com a população que o deu uma expressiva votação. O Governador disse ter consciência da gravidade da situação, Mais tarde, o Prefeito Rondilson, explicou que, pela existência de um manancial próximo, que é o poço PP5, que foi perfurado na serra do desapregado, no município de Araripe, o qual fica bem próximo da adutora que irá levar água para Salitre e Campos Sales, o nosso pedido ao Ministério da Integração com recursos no valor de 6 milhões de reais, o Governador se comprometeu que irá viabilizar para que tenha até uma bomba de reserva lá, para que a solução chegue, e venha ter água jorrando nas torneiras residencias na sede do município em breve.O prefeito explicou que solicitou também ações mais emergenciais para minorar a sede da população de Salitre, como a perfuração de poços profundos na sede do município, onde essa bateria de poços possa ser interligada a rede de destribuição da água da Cagece, e resolver emergencialmente, mesmo porque desde o mês de novembro do ano passado, que população não tem água nas torneiras. O gestor afirmou que já tem entre 14 a 15 anos que tem essa adutora, em Araripe, na serra do Desapregado, e a solicitação, endossada pelo suplente de deputado Agenor Ribeiro, é a solução imediata desse problema, por se tratar de uma situação de urgência.E, por pensarmos no crescimento sócio econômico do município, continuou o prefeito Rondilson, estamos pleiteando para Salitre, a construção de um parque aeólico, onde já foi feito um estudo pela empresa Casa dos ventos, e consequentemente já aprovado, e estamos só aguardando a licitação, que ficou definida para o próximo ano. Como é um projeto que irá gerar recursos e renda, deixando a comunidade de maneira mais independente solicitamos a intercessão do Governador, para que ele possa viabilizar o quanto antes essa demanda, que pode ser captada através de duas redes: uma em Tauá e outra em Milagres, e com isso o governo do Estado, possa aprofundar mecanismos que venham se tornar mais rentável a energia renovável. o empreendimento, de acordo dom Rondilson Ribeiro, vai estar gerando emprego e renda, onde serão implantadas 600 torres aeólicas, além de possibilitar a incrementar a receita municipal como o I.C.M.S, permitindo assim que o município, venha a ter mais uma opção de arrecadação, além de deixar dividendos para o aquecimento do comércio local. Outro benefício, explicou ele, é que a empresa terá a missão social de desenvolver alguns projetos ambientais, a fim de retribuir os danos causados ao meio ambiente. Um dos parques aeólicos deverá ser construído em cima da Serra do Araripe. com recursos no valor de 20 bilhões. Já hoje esse projeto deixa renda no município, porque os proprietários de terra, já estão arrendando os seus terrenos para esse estudo, e tem muita gente que já recebeu esses recursos que variam de 7 mil a 11 mil reais, de acordo com a área de terra estudada. O governo municipal, já deu o alvará para a instalação desse parque. ( AMAURY ALENCAR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...