sábado, 8 de agosto de 2015

Saboeiro sem juiz na Comarca

Saboeiro sem juiz na Comarca


Saboeiro Este Município, localizado no Sertão dos Inhamuns, enfrenta também dificuldades no tocante à ausência de juiz titular. Atualmente, existem 1.542 processos parados no fórum da Comarca. A situação já dura dois anos, e a sociedade sofre e reclama da demora no andamento de suas demandas.
Além da falta de juiz, a Comarca também passou mais de um ano sem promotor titular. Somente há cerca de onze meses, a situação foi amenizada, com a chegada da promotora Marina Romagna Marcelino.
Antes disso, Saboeiro recebia assistência uma vez por semana, do promotor da Comarca de Iguatu, Aureliano Rebouças Júnior. Atualmente, o município também só conta com a vinda do juiz titular da Comarca de Iguatu, Josué de Sousa Lima Sobrinho, uma vez por semana, e, como a demanda é grande, praticamente a pilha de processos que cresce a cada dia não se move.
Insuficiente
Como agravante, são apenas dois servidores do Estado e mais uma servidora cedida pela Prefeitura para dar andamento a todos esses processos, número insuficiente para cobrir a necessidade do Município. O funcionário da Comarca, Pedro Queiroz Júnior, explica que a situação é complicada, porque a população reclama, cobra mais celeridade no andamento dos processos, mas, reconhece que, diante da situação exposta, é praticamente impossível atender a reivindicação.
Preocupante
Francisca Sales da Silva, residente em Saboeiro, afirma "ser uma situação extremamente preocupante essa falta de um juiz titular em nossa comarca, porque os processos estão acumulados. Nós é quem estamos sendo prejudicadas, porque o juiz substituto não tem como dar celeridade a estes processos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Juazeiro do Norte abre processo seletivo com 222 vagas           0 12:07  ·  21.08.2017 /  atualizado  às 12:07  · 21.0...