quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Equipe econômica de Dilma estuda recriar a CPMF para dividir com Estados

Equipe econômica de Dilma estuda recriar a CPMF para dividir com Estados 
Caso isso não aconteça, já sendo planejado um forte aumento de impostos.
Redação
jornalismo@cearanews7.com.br
Compartilhar no Facebook  Compartilhar isto em Twitter Enviar por e-mail
A equipe econômica do governo da presidente Dilma Rousseff estuda uma forma de tornar aceitável ao Congresso a volta da CPMF, e uma das medidas é utilizar a partilha com Estados e municípios.

Os técnicos avaliam que a volta da contribuição seria uma fonte importante de receitas num momento de dificuldades e ainda ajudaria no trabalho de controle e fiscalização da Receita Federal.

"A CPMF é um tributo muito eficiente, tanto do ponto de vista arrecadatório, quanto do ponto de vista de fiscalização",  destacou um técnico do governo.

As discussões em torno do projeto de lei orçamentária de 2016, que será encaminhado ao Congresso na próxima segunda-feira (31), acentuaram as divergências no governo. De um lado, o Ministério da Fazenda defende que a proposta venha com um corte significativo nas despesas, tanto as discricionárias quanto os gastos obrigatórios, embora estes dependam de lei para serem cortados.

Caso isso não ocorra, a equipe do ministro Joaquim Levy avalia que será preciso fazer um forte aumento de impostos. Do outro lado, os demais ministros reclamam da falta de recursos em 2015 e temem que cortes mais profundos em 2016 aprofundem a crise na economia.
Leia a reportagem completa na edição de hoje do jornal O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...