terça-feira, 25 de agosto de 2015

Justiça condena empresário por fraude em licitações na região centro sul do Ceará

Justiça condena empresário por fraude em licitações na região centro sul do Ceará

A Justiça Federal do Ceará, condenou o empresário do ramo de construção civil, Miguel Ângelo Pinto Martins, , por fraudar licitações nos municípios de Tauá e Jucás.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o empresário seria proprietário oculto das empresas Souza Martisn, Arcotan, Cartesiana, e Naterra Construções, sendo que, tais empresas eram utilizadas para fraudar e ganhar licitações no Interior cearense.

Miguel Ângelo, juntamente com os ex-prefeitos de Jucás, José Helânio de Oliveira Facundo e Gabriel de Mesquita Facundo, utilizando dessas mesmas empresas, são acusados de desviar verbas públicas obtidas por convênios federais e estaduais.

DN Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...