sábado, 8 de agosto de 2015

Deputado Manuel Duca diz que radialista assassinado em Camocim (CE) "não valia nada"

Deputado Manuel Duca diz que radialista assassinado em Camocim (CE) "não valia nada"

O deputado Manuel Duca, do PROS, 2° Secretário da Mesa Diretora da Assembleia, disse durante a sessão plenária desta sexta-feira (7) que o radialista Gleydson Carvalho, assassinado a tiros na tarde de ontem, “não valia nada”. Ele presidia a sessão quando fez o comentário, em resposta ao discurso do deputado Ely Aguiar (PSDC), que defendia o radialista na tribuna. “Com todo respeito, não valia nada”, disse.

Gleydson foi morto em Camocim enquanto apresentava o programa Revista Regional, na Rádio Liberdade FM. Dois homens invadiram o estúdio e efetuaram três disparos contra o apresentador.

Ely Aguiar tinha usado a tribuna para lamentar a morte do radialista. “São esses neolíticos que não evoluíram e não sabem aceitar uma crítica. Estamos todos no mesmo barco. Quando você escreve uma matéria no jornal que contraria alguém está correndo esse risco”, disse.

DN Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TCE identifica três prefeituras e duas Câmaras que não enviaram contas mensais

Três prefeituras e duas câmaras municipais não enviaram as contas de agosto dentro do prazo ao Tribunal de Contas do Estado do Ceará. A data...