segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Protestos. O Brasil depois das manifestações de 16 de agosto

Protestos. O Brasil depois das manifestações de 16 de agosto

Passadas turbulentas semanas de altos e baixos, Dilma Rousseff (PT) enfrenta hoje teste decisivo para seu futuro no comando do País. Com protestos marcados para mais de 200 cidades, o governo terá nas ruas desfecho de “período de extremos” e novo termômetro da insatisfação popular. A depender do barulho de atos, petistas terão panos de fundo bem distintos para as próximas articulações.
Para além do domingo, Dilma já abre semana com cenário mais tranquilo do que o do início de agosto. “A semana terminou bem, todos viram”, avalia o líder do governo na Câmara Federal, José Guimarães (PT). Ele destaca atos pró-Dilma em Brasília, reações pela estabilidade e a recente reaproximação do Planalto com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...