quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Lava Jato mira contratos do Ministério do Planejamento e prende ex-vereador do PT

Lava Jato mira contratos do Ministério do Planejamento e prende ex-vereador do PT

Cerca de 70 policiais federais cumprem desde a madrugada desta quinta-feira (13) a 18ª fase da Operação Lava Jato. A ação ocorre em Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Curitiba. Um mandado de prisão temporária, que tem cinco dias de duração, foi executado contra Alexandre Oliveira Correa Romano, ex-vereador do PT em Americana (SP).

Ele foi preso no Aeroporto de Congonhas, quando sairia para uma viagem, e será levado para a Superintendência da PF, em Curitiba. São cumpridos ainda outros dez mandados judiciais, todos de busca e apreensão.

A ação é um desdobramento da fase anterior e foi batizada de "Pixuleco II".

Ministério do Planejamento

Segundo a PF, esta nova fase está ligada a um operador identificado na 17ª etapa da operação. Esse novo operador é suspeito de arrecadar valores relacionados a vantagens indevidas que superam R$ 50 milhões a partir de contratos de crédito consignado junto ao Ministério do Planejamento, de acordo com as investigações. Os pagamentos ocorriam por meio de empresas de fachada, conforme a PF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...