quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ceará tem melhor evolução na educação do País entre alunos do Quinto Ano


Ceará tem melhor evolução na educação do País entre alunos do Quinto Ano


O Ceará apresenta as maiores evoluções entre os números de 2013 e 2015 de alunos do 5º ano do ensino fundamental que têm conhecimento adequado à idade. Com aumento de 15,6 e 8,5 pontos percentuais em Português e Matemática, respectivamente, o Estado passou de 45,4% para 61% em Português — o 6º melhor percentual do Brasil e o melhor do Norte e Nordeste; e de 35,4% para 44% em Matemática — o 11º melhor percentual do País, também
no topo regional.

Os dados fazem parte de relatório da Meta 3 do Todos Pela Educação (TPE) — Todo aluno com aprendizado adequado ao seu ano —, realizado com base na proficiência dos alunos nas avaliações da Prova Brasil e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2015. O movimento considera que tem aprendizado adequado o aluno que atinge ou supera as seguintes pontuações em Português e Matemática: 200 e 255 no 5º ano do Ensino Fundamental; 275 e 300 no 9º ano do Ensino Fundamental; e 300 e 350 no 3º ano do Ensino Médio.

Analisados os percentuais de cidades onde os alunos atingiram o nível satisfatório de aprendizagem, o Estado tem 94,9% de municípios que alcançaram a meta no 5º ano em Português — o índice mais alto entre os estados da federação. O feito se repete na mesma disciplina no 9º ano, com 73% dos municípios com a meta batida. Na avaliação de Matemática, com índice de abrangência dos municípios de 89,2%, o Ceará é o segundo colocado, atrás apenas do Acre. No 9º ano, apesar do índice baixo de 22,6% dos municípios no patamar desejado, o Estado é o que apresenta a melhor taxa no País.

Para o gerente de Conteúdo do TPE Ricardo Falzetta, “o desempenho do ensino fundamental 1 mostra que algumas políticas públicas, como o Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Paic), deram resultado”. “Existem críticas que se pode fazer, mas tem uma continuidade e ele foi aperfeiçoado ao longo dos anos”, aponta.

Rogers Mendes, coordenador de Gestão Pedagógica da Secretaria da Educação do Estado (Seduc), afirma que o Mais Paic deverá, nos próximos anos, ampliar os bons resultados para os anos finais do ensino fundamental e também para o ensino médio.

O Estado tem nove cidades entre as 100 melhores em Português e 14 entre as com maiores índices em Matemática no 5º ano, em um universo dominado por municípios do Sudeste e do Sul.

No 9º ano, são duas e quatro as cidades entre as 100 com mais altos índices do País. “O Ceará é talvez o único Estado que tem um nível sócio-econômico abaixo da média brasileira e que está conseguindo resultados na educação acima da média”, destaca Falzetta. (O Povo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLUNA DO CARLOS...O QUE PENSO... 16.10.17

COLUNA DO CARLOS... O QUE PENSO... É comum eu ser abordado, nas conversas com amigos, talvez pelo fato de eu estar no rádio e trabalh...