segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Últimos dias de inscrição para o Ministério da Saúde


CHANCES NO CEArá

Concurso do Ministério da Saúde recebe inscrições até 5 de janeiro para 102 vagas de nível superior
   
00:00 · 31.12.2016
dsa
O concurso visa preencher 102 vagas para lotação nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas que compõem a Secretaria Especial de Saúde Indígena
Serão encerradas, no dia 5 de janeiro, as inscrições do concurso público do Ministério da Saúde. A seleção visa preencher 102 vagas de nível superior, sendo 21 destinadas a candidatos que se declararem negros e seis a pessoas com deficiência. Também será formado cadastro reserva.
Do total de ofertas, 34 são para administrador (remuneração de R$ 4.784,27), 34 para analista técnico de políticas sociais (R$ 5.744,88) e 34 para contador (R$ 4.784,27). Além do salário, os contratados terão direito a auxílio-alimentação de R$ 458.
As chances estão distribuídas entre 18 Estados brasileiros para atuação nos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).
Os aprovados serão lotados nos Estados de Alagoas, Pará, Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Bahia, Maranhão, Ceará, Santa Catarina, Roraima, Rondônia, Paraná, Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba, Tocantins e Mato Grosso do Sul.
Em Fortaleza, estão em disputa três vagas: uma para cada cargo. Para analista técnico e contador, as chances são para concorrência ampla. Para administrador, a oferta é para candidatos negros.
Como participarA organização do concurso está a cargo do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan). A banca recebe inscrições exclusivamente pela internet (www.Idecan.Org.Br). A taxa custa R$ 67.
Os inscritos serão avaliados, em 19 de fevereiro, por meio de provas objetiva e discursiva. Para analista técnico de políticas sociais, a seleção prevê, também, análise de títulos, em período a ser oportunamente divulgado.
As fases do processo seletivo ocorrerão nas capitais dos 26 estados, além do Distrito Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Matos defende piso de R$ 1,6 mil para agentes de saúde

A Comissão Especial sobre Remuneração dos Agentes Comunitários de Saúde (PEC 22/11) terá reunião, hoje (16), para discutir e votar o relatór...