quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Reserve os documentos para revisar aposentadoria


O beneficiário que já está aposentado e acredita que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não pagou algum período de contribuição fora do cálculo ou só recentemente conseguiu novas provas de uma atividade deve se preparar antes de ir à APS (Agência da Previdência Social) pedir a revisão.
É fundamental reunir toda a papelada que possa comprovar que houve falha. Para comprovar que o salário lançado no cálculo está errado, uma das provas mais eficientes é o holerite da época.
Se o valor for menor do que o registrado no contrato ou na carteira de trabalho, o aposentado já terá outras provas de que o INSS errou e acabou reduzindo o seu benefício.
Essa elaboração também se torna necessária para casos em que o instituto não errou, mas, por algum motivo, não considerou um período de atividade, como é o caso do certificação de vínculo na Justiça do Trabalho.
Com informações do Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TCE identifica três prefeituras e duas Câmaras que não enviaram contas mensais

Três prefeituras e duas câmaras municipais não enviaram as contas de agosto dentro do prazo ao Tribunal de Contas do Estado do Ceará. A data...