quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Prefeito decreta calamidade pública em Iguatu

Prefeito de Iguatu decreta estado de calamidade pública por 90 dias

     0
08:29 · 05.01.2017 / atualizado às 08:29 ·05.01.2017 por 

Hospital Regional de Iguatu poderá ser administrado pelos camilianos a partir de dezembro. Foto: Honório Barbosa
Hospital Regional de Iguatu está sem medicamento e alimento, segundo atual gestão. Foto: Honório Barbosa
O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PDT), decretou estado de calamidade pública, por 90 dias, sob a justificativa da atual situação financeira do município. A decisão do decreto foi tomada nesta quarta-feira, 4. Segundo a Prefeitura, há dívida de R$ 53 milhões, sendo R$ 13 do INSS, em dívidas parceladas.
Ainda segundo a atual gestão há dívida salarial de servidores, falta de alimento e de medicamento no Hospital Regional de Iguatu. O decreto tem por base a crise financeira herdada pela atual gestão.
Outro lado
O ex-prefeito, Aderilo Alcântara, disse que deixou recursos e que o pagamento da folha salarial do mês de dezembro é feito com recursos que entram no mês de janeiro. Informou também que há medicamentos na Central de Assistência Farmacêutica. E que os alimentos do Hospital devem ser comprados pela atual gestão, que assumiu no último dia 1º.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família Aguiar Martins em Jantar de parabéns ao Deputado Agenor Ribeiro

No último final de semana, a família Aguiar Martins, participou de um almoço comemorativo, como Deputado Estadual, que representa o Cari...