quarta-feira, 5 de abril de 2017

Bispo da Diocese de Crato, Dom Gilberto Pastana, recebe a Carta do Simpósio de Padre Cícero



Após as conferências, palestras, debates e mesas redondas, o V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora?" resultou numa carta que foi entregue nesta segunda-feira ao Bispo Diocesano de Crato, Dom Gilberto Pastana. O documento é assinado por todos os participantes do evento e foi levado à Cúria Diocesana de Crato pelas professoras da Universidade Regional do Cariri (Urca), Fátima Pinho, Renata Paz Marinho e Paula Cordeiro, que coordenaram o simpósio.


Estiveram presentes ainda os padres Zé Vicente e Rocildo Alves Lima Filho e a carta sugere a sequência dos estudos em torno da vida e da obra missionária do Padre Cícero, bem como os fenômenos ocorridos em Juazeiro. Eis a íntegra do documento entregue ontem ao Bispo Diocesano, dom Gilberto Pastana:


Diante da reconciliação histórica decretada pela Congregação para a Doutrina da Fé, datada de 27 de outubro de 2014, e da carta do Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado, datada de 20 de outubro de 2015, na qual é incentivada a atenção pastoral ao fenômeno religioso das romarias em Juazeiro do Norte, e que, além disso, a mesma carta diz que "pela distância do tempo e complexidade do material disponível elas (as questões históricas, canônicas ou éticas do passado) continuam a ser objetos de estudo e análise, com interpretações as mais variadas e diversificadas" e,


- Considerando os debates realizados neste Simpósio sobre a pertinência de dar continuidade ao processo do Padre Cícero Romão Batista na Santa Sé;


- Considerando a realidade que nos apontam os romeiros e romeiras, qual seja a de que Padre Cícero é santo;


- Considerando que os relatos de milagres por intercessão do Padre Cícero são muitos;


- Considerando que todo processo canônico do Padre Cícero deu-se inicialmente por um único motivo: o sangramento da hóstia consagrada na boca da Beata Maria de Araújo;


- Considerando a importância de esclarecimentos definitivos, a nível diocesano, sobre esse fenômeno, nós abaixo assinados, participantes do V Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero: "Reconciliação... e agora", sugerimos e solicitamos, a seu critério, a nomeação de uma comissão que tenha duas tarefas:


- A primeira para a continuidade do estudo da vida e da obra missionária do Padre Cícero Romão Batista a fim de compreender, sistematizar e relatar a devoção atual dos romeiros e, também, para conhecer, averiguar e analisar possíveis milagres operados em nome do Padre Cícero, em vista de um primeiro passo em direção a um processo de reconhecimento de suas virtudes heróicas.


- A segunda para estudar, histórica e religiosamente, o fenômeno, e apenas o fenômeno do derramamento de sangue ocorrido com a Beata Maria de Araújo. (Assessoria de Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Papa pede clero unido no Brasil diante de “escandalosa corrupção” “Tenho certeza de que o Brasil superará sua crise e confio que vocês a...