quinta-feira, 20 de abril de 2017

BRAVURA





Fortaleza
Três policiais militares que sobreviveram a um confronto armado em junho do ano passado, na estrada de terra que liga a localidade de Juatama à sede do município de Quixadá, foram promovidos por bravura, na noite de ontem (18), após publicação em Boletim do Comando Geral da Polícia Militar do Ceará.
Os três policiais que sobreviveram ao confronto em Quixadá, Cabo Ribamar Bezerra, a Soldado Michelly Pereira e o Sargento João Campos.
O 2° sargento PM João Alves Campos, o cabo PM José Ribamar Bezerra Júnior e a soldado PM Michelly Pereira Mariano, todos pertencentes ao efetivo da 1ª CIA/9°BPM (Quixadá), foram promovidos a 1° sargento, 3° sargento e cabo, respectivamente.
A cabo Michelly relembra os momentos de tensão e a saudade dos companheiros.  “Agradeço a Deus pelo livramento que Ele me deu e fico muito grata pelo reconhecimento da Corporação”, ressalta.
O 1° sargento João Alves fala que o confronto deixou marcas emocionais e físicas e que a promoção é uma forma de homenagear todos os policiais envolvidos no caso. “Eu fui atingido com três tiros, um inclusive de fuzil e outros dois provavelmente de pistola. Acredito que justiça foi feita. O atual comando foi sensível em nos reconhecer e a promoção traz uma mistura de vários sentimentos”, disse.
Para o coronel comandante geral da Polícia Militar do Ceará, Ronaldo Viana, a promoção por bravura é uma forma de reconhecer a atitude heroica dos policiais em combater o crime mesmo com o risco da própria vida. “Os policiais cumpriram a missão com honra e galhardia, a promoção por bravura é uma forma de reconhecer a coragem desses guerreiros”, afirma.

fonte Portal Sertão Central 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aposentado já pode consultar 1ª parcela do 13º salário O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começou a liberar nesta sext...