quinta-feira, 20 de abril de 2017

Chuvas permanecem escassas em todo o Estado


00:00 · 20.04.2017 por André Costa - Colaborador
Dados
Clique para ampliar
Juazeiro do Norte. Conforme antecipou ontem o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), David Ferran, a incidência das chuvas no Estado segue em baixa pelo quarto dia consecutivo. Entre as 7h de terça-feira e 7h de ontem, choveu em apenas 23 dos 184 municípios cearenses. Além da pouca quantidade de cidades banhadas pelas chuvas, os volumes também foram discretos.
O maior índice foi em Crateús (28.8mm), no Sertão dos Inhamuns. Em seguida, aparecem na lista Tianguá (19.2mm), na Serra da Ibiapaba; e Quiterianópolis (18 mm) e Novo Oriente (17.5mm), ambos nos Inhamuns. A média de chuva, nas 23 cidades, foi de apenas 1.1 mm.
Segundo Ferran, a partir de amanhã, as chuvas devem voltar com mais intensidade no Estado. Isso porque, nas imagens do satélite que o órgão utiliza para nortear as previsões, observam-se poucas nuvens sobre o Ceará.
Além disso, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no nordeste brasileiro, está afastada da costa. Contudo, a previsão para hoje, segundo a Funceme, é nebulosidade variável com chuvas isoladas no noroeste, oeste e sul. Nas demais regiões do Estado, céu entre parcialmente nublado e claro.
Diante da irregularidade espacial e temporal das chuvas, os reservatórios cearenses, consequentemente, veem o aporte hídrico reduzir. Segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), de terça para quarta-feira, houve aporte em apenas 46 reservatórios, com destaque para os açudes Acarape do Meio, Angicos, Aracoiaba, Ayres de Sousa, Banabuiú, Castanhão, Caxitoré, Edson Queiroz, General Sampaio, Jaburu I, Pentecoste e Taquara.
O número de açudes sangrando no Estado continua o mesmo (11), assim como 105 reservatórios ainda permanecem com volume inferior a 30%. Dentre eles, 40 estão no volume morto e 17 secos. O volume total acumulado nos 153 açudes cearenses monitorados pela Cogerh é de 12.3%, o que representa 2,29 bilhões de m³ de água.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...