CONEXAOREGIONAL.BLOGSPOT.COM

CONEXAOREGIONAL.BLOGSPOT.COM
Blog direcionado aos Fatos que Norteiam o Cotidiano da região do Cariri Oeste

sexta-feira, 1 de julho de 2011





Juazeiro do Norte-CE: Corpos do casal e dois filhos que morreram em acidente serão sepultados hoje.

Os corpos das vítimas no acidente que vitimou cinco pessoas na CE-375, entre os municípios de Solonópole e Quixelô, chegaram a Juazeiro do Norte por volta das 4 horas da madrugada desta sexta-feira procedentes do IML de Iguatu. José Jucier Fernandes, de 49, a esposa dele e professora do Cirão, Socorro Vania Gonçalves Fernades, de 47, e os filhos do casal Juliana Gonçalves Fernandes, de 10, e João Pedro Gonçalves Fernandes, de 6 anos, estão sendo velados na Funerária Anjo da Guarda.

Uma missa de corpo presente está marcada para as 15h30min e, logo depois, o sepultamento no Parque Anjo da Guarda. Já o corpo de Raimundo Inácio de Oliveira, mais conhecido como Raimundo Soares, foi trasladado para Caririaçu e está sendo velado na Rua Carlos Morais. Ele era presidente do PMDB daquela cidade e pessoa bastante querida. A tragédia aconteceu por volta das 16 horas de ontem à altura do Sítio João Bento na zona rural de Solonópole.



O veículo Hilux SW4 de cor preta e placas, HXW-2765, inscrição de Juazeiro do Norte, passou direto em uma curva caindo dentro do açude daquela localidade. Jucier, que dirigia a caminhonete, era auditor fiscal da receita estadual e irmão do jornalista Demontieux Fernandes, diretor do Jornal Folha da Manhã. O adolescente Lucas Simon Fernandes, de 19 anos, era parente das vítimas e escapou ileso do acidente.

Esse trecho da rodovia Padre Cícero foi inaugurado no ano passado e reduz a distância em 30 quilômetros entre Juazeiro e Fortaleza, mas já se tornou palco de vários acidentes em decorrência das muitas curvas e sucessivas depressões. Os motoristas reclamam da falta de sinalização adequada. A agricultora Fátima Silva, residente no local, revelou que, somente este ano, ocorreram três acidentes na curva do Sítio João Bento.

Fonte:Miséria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário