quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Secretária de Saúde de Juazeiro nega fechamento do Hospital Tasso Jereissati

Marcleide Nascimento é secretária de Saúde de
Juazeiro do Norte. (Foto: Flávio Pinto)
"O setor de traumatologia e exames de Raio X do Hospital Tasso Jereissati em Juazeiro do Norte atende uma média de 70 pessoas por dia e vai continuar recebendo os pacientes normalmente. (sic)". A informação é da secretária de Saúde, Marcleide Nascimento, através da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Juazeiro do Norte.

Segundo a nota divulgada nesta quarta-feira (2), Marcleide Nascimento nega as informações repassadas à imprensa pelos servidores do Hospital Tasso Jereissati (antigo Estefânia). De acordo com relatos de funcionários ouvidos por esse blog, eles teriam sido comunicados verbalmente na segunda (31/8), da decisão do prefeito Raimundo Macedo (PMDB) de fechar até o final deste mês o Hospital Tasso Jereissati.


Ainda conforme a nota, a secretária Marcleide Nascimento comunica que haverá apenas a transferência dos 14 leitos de retaguarda da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Limoeiro para a moderna e recém-construída enfermaria do Hospital São Lucas passando para 28 a capacidade de acolhimento.


"A intenção de Raimundão é criar condições de funcionamento de um setor para a realização de cirurgias eletivas no Hospital Tasso Jereissati e este garantiu que jamais passou por sua cabeça a idéia de fechamento do mesmo. Seu desejo é inaugurar em dezembro 80 leitos de enfermarias no HTJ devolvendo-o por completo aos juazeirenses. Segundo ele, a transferência da retaguarda da UPA Limoeiro para o São Lucas será efetivada a partir da próxima sexta-feira, dia 4 de setembro, com melhores condições de acompanhamento. (sic)", diz a nota.


(Flávio Pinto)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COLUNA DO CARLOS...O QUE PENSO... 16.10.17

COLUNA DO CARLOS... O QUE PENSO... É comum eu ser abordado, nas conversas com amigos, talvez pelo fato de eu estar no rádio e trabalh...