sexta-feira, 11 de setembro de 2015

A má situação financeira dos Municípios chegou à casa das pessoas. As dificuldades trazidas pela recessão que o Brasil atravessa foram relatadas pelos presidentes de entidades estaduais em diversas entrevistas à Agência CNM. Em uma delas, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito Nascimento, contou que os cearenses têm sofrido com o desemprego.

"Este é um momento de socialização do que está acontecendo no país. A crise já está trazendo efeitos: o desemprego nos Municípios. E temos que dar conhecimento à sociedade sobre tudo que está acontecendo. Nós não temos mais direitos, só temos deveres", declarou Expedito.

Segundo ele, fazer com que a população entenda que os Municípios também são vítimas da crise é essencial. "Devemos reunir as associações estaduais e repassar para os prefeitos que tenham consciência do que está acontecendo e não saiam da luta. A coisa não é brincadeira. Hoje está assim e amanhã vai ficar ainda pior", alerta.

O presidente da Aprece orientou os prefeitos, vices, secretários e vereadores a manter-se no movimento municipalista. "A única saída é a unidade", completou.

CNM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Realizada em Campos Sales e Salitre, IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA

De 12 a 14 de dezembro, a unidade da URCA de Campos Sales, realizou a IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA, com o tema: A MATEMÁTIC...