segunda-feira, 22 de maio de 2017

Dom Edimilson Neves toma posse como bispo da Diocese de Tianguá neste sábado (20)

Dom Francisco Edimilson. FOTO: Ingrid Monteiro
Dom Edimilson Neves toma posse neste sábado, 20, como novo bispo de Tianguá, na região da Ibiapaba. Em Missa na Catedral Sant’Ana, o agora bispo emérito, dom Francisco Javier Hernandez Arnedo, passa o báculo (símbolo do pastor que conduz o rebanho) para dom Edimilson, na presença de centenas de fiéis, padres e demais bispos da região, entre eles dom Gilberto Pastana, de Crato. O início da celebração acontece às 16h, na entrada da cidade, e a transição às 17h, na Catedral Sant’Ana.
Dom Edimilson Neves, filho de Jardim, foi eleito bispo em fevereiro pelo Papa Francisco, sendo ordenado no mês seguinte. Ele deixa vasto legado espiritual para a Região do Cariri, sobretudo, enquanto esteve à frente da Catedral Nossa Senhora da Penha, tanto que seu lema episcopal evoca o Salmo 69, que diz: “O zelo por Tua casa me consome”, isto é, uma alusão a sua trajetória nesses vintes anos de sacerdócio.
“Desejo zelar pela casa do Senhor como lugar do encontro e da celebração da vida”, assegurou, quando da sua nomeação.
Dom Edimilson tem 48 anos e é um dos bispos mais jovens do Brasil. Foi transferido da Diocese de Crato, onde ocupava o cargo de cura da Catedral, para substituir
dom Javier, que teve aceitado o pedido de renúncia por idade. Pelo direito canônico, o bispo deve renunciar ao cargo quando completa 75 anos.
Pequena biografia
Dom Francisco Edimilson Neves Ferreira, natural da cidade de Jardim, nasceu em três de outubro de 1969. Ingressou no Seminário São José aos vinte anos. Transferido para o Seminário Regional em Fortaleza, concluiu a formação no Seminário da Prainha, sendo licenciado em Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará.
Ordenado presbítero no 12 de dezembro de 1997, foi pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Crato, professor, prefeito de disciplina e diretor espiritual do Seminário Diocesano São José, em Crato. Dois anos depois, foi nomeado coordenador diocesano de pastoral, cargo que exerceu durante 14 anos. Também trabalhou como vice-diretor do Colégio Pequeno Príncipe desde 1998. Sua eleição para a missão de bispo aconteceu em 15 de fevereiro; A ordenação episcopal em 22 de março.                   (Diocese de Crato)9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CDL Crato e parceiros lançam projeto Revitalização do Centro Comercial do Crato Na próxima quarta-feira, às 19 horas, o Sebrae/C...