sexta-feira, 6 de julho de 2018

Ceará vai receber maior laboratório de Segurança Pública da América Latina




O Estado do Ceará vai contar com o maior laboratório de segurança pública da América Latina. O Laboratório Integrado de Segurança Pública (Lisp) teve a pedra fundamental lançada, nesta quinta-feira (5), com a presença do governador Camilo Santana, do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e do diretor geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Dias. O equipamento é resultado de uma parceria estabelecida entre o Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e o Ministério da Segurança, através da PRF.
Durante o seu discurso, o ministro Raul Jungmann ressaltou o pioneirismo do Ceará na iniciativa e como o Estado se destaca como protagonista no uso de tecnologia no combate ao crime. “O Lisp será, sem sombra de dúvidas, um modelo para todo o País. O Ceará estará dando o rumo daquilo que nós queremos nos termos de laboratório de inteligência, com Big Data, aliada a todas as forças. A tecnologia é a ferramenta que temos que utilizar para combater o crime organizado, e esse lançamento, hoje, é um exemplo da garra e da capacidade da PRF, da SSPDS e também da UFC, porque juntos construíram essa ferramenta, que levaremos para todo o País. Esse é um projeto revolucionário e fantástico, e eu assumo o compromisso de levá-lo para todo o Brasil”, frisou.
O Lisp funcionará na atual sede da Polícia Rodoviária Federal no Ceará, que passará por ampla reforma. Com a chegada do laboratório, as instituições que trabalham dados e pesquisas de segurança terão um local para atuar em conjunto, facilitando a troca de experiências e fomentando ainda mais a integração. O prédio do laboratório será construído em aço, o que gera menos resíduos, terá energia por captação solar e armazenará água da chuva, de forma a ser ecologicamente sustentável. O equipamento será construído e equipado com recursos da PRF, que somarão em torno de R$ 100 milhões. Outros R$ 20 milhões, sendo R$ 8,5 milhões do Estado, estão sendo investidos no pagamento de bolsas de pesquisadores ligados à Universidade Federal do Ceará (UFC), que já estão atuando no projeto Segurança Pública Integrada (SPI). No local, atuarão servidores e colaboradores da SSPDS, PRF e da UFC.
“A questão da segurança é um grande desafio para todos nós e é importante integrar, cada vez mais, as instituições. É preciso ainda inovar e avançar na pesquisa e no uso de tecnologias. Quando fomos apresentados ao projeto, não titubeamos e logo garantimos os recursos para a realização desse trabalho pioneiro aqui no Ceará. Não tenho dúvida que o Lisp será o melhor laboratório de segurança pública da América Latina e servirá de instrumento de orientação e estratégia para o trabalho policial e o combate à violência no Ceará e no Brasil”, ressaltou o governador do Ceará, Camilo Santana, durante a solenidade.
(Governo do Ceará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Doutores do ABC 2018, do MDA de Campos Sales

Neste sabado, 8 de dezembro aconteceu na quadra da escola profisionalizante, Presidente Médici, a 37ª formatura da turma de Doutores do ABC,...