domingo, 11 de dezembro de 2016

CONEXÃO REGIONAL INFORMA

COLUNA DO CARLOS...

O QUE PENSO...


Imagens deste último sábado, tiradas pelo Carlos de Cecé, morador de Campos Sales, registram alguns pontos, ainda com água, do açude Poço de Pedras (Espinheiro), que abastece a cidade e que tem a capacidade de 52 milhões de metros cúbicos de água...

Pelas imagens dá pra ter uma idéia de como está a situação deste açude, que depois de 5 anos ininterruptos de seca, agoniza e, caso não chova logo, deverá ficar literalmente seco, o que significará o caos total,  para os moradores de Campos Sales que dependem deste reservatório para o abastecimento de água regular...

O governo do estado tem buscado ajudar o município, segundo notícias veiculadas num site que trabalha para a prefeitura, com a perfuração de poços artesianos, que a princípio, deverão ter a água captada nestes poços, jogada na rede de abastecimento da CAGECE, que administra o açude...

Embora os esforços do estado e município ocorram, ainda não é possível sentir nas torneiras o resultado deste trabalho, uma vez que a água que escorre ainda sob a responsabilidade da CAGECE, chega nas torneiras, fétida e com coloração amarelada...

Agora esta situação, onde a água que ainda chega nas residências é quase imprestável, a população, para beber e cozinhar, ou compra água mineral no comércio local, ou se vale dos carros pipas que buscam água potável no estado do Pernambuco, para vender nas casas, comércios e outras empresas, ao custo de R$1,50 a lata de 20 a 25 litros de capacidade...

Momento é de total apreensão da sociedade que espera dos céus, a única saída real possível, com a chegada da chuva, para evitar um colapso total no abastecimento de água, que pode ocorrer breve, caso a quadra invernais demore mais ainda...

É bom salientar que ao longo destes 5 anos de seca no Nordeste, poucas foram as regiões do sertão nordestino onde houveram precipitações que amenizassem a situação e por conseguinte abastecesse também o lençol freático, que também sofre diminuição, em razão da desenfreada perfuração de poços artesianos...

A lógica e simples e clara: de não chove, a água subterrânea também diminue, de forma acentuada, em virtude do uso acima do normal, em razão do aumento do número de poços cavados...

Enquanto isso, o nordestino é apenas um mero espectador do "espetáculo" da corrupção dos nossos políticos, na construção infindável das obras de transposição do Rio São Francisco e especialmente da construção do chamado, Cinturão das Águas, aqui no Ceará...

Verdadeiramente, o que nos resta como nordestinos de fé, é crer na bondade divina e nada mais, porque aqui no plano de baixo, os políticos quando não roubam nestas obras estruturantes, se colocam como salvadores da Pátria e alardeiam, como se fosse coisa de outro mundo, o fato de fazerem a sua obrigação na busca de soluções, que mesmo temporárias, amenizem o sofrimento da sociedade...

Finalmente entendemos que neste momento de sofrimento coletivo e democrático, porque a seca não escolhe classe social nem credo algum, porque todos somos alcançados da mesma forma, rezar e pedir a DEUS, enxergado seja como for, para mandar chuva, nossa única salvação...tenho dito!

Por Carlos Alberto Albuquerque

Radialista.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Realizada em Campos Sales e Salitre, IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA

De 12 a 14 de dezembro, a unidade da URCA de Campos Sales, realizou a IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA, com o tema: A MATEMÁTIC...