quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Domingos Filho acusa governador de ser 'capacho' de Ciro Gomes e 'irresponsável' por apoio à extinção do TCM

Conselheiro citou ainda a compra dos 'tatuzões', que custam R$ 12 milhões por ano de manutenção e seguem parados.


O presidente eleito e conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Domingos Filho, acusou o governador Camilo Santana (PT) de ser "irresponsável" e "capacho" do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e defender a extinção do órgão por interesses políticos.


Camilo declarou apoio à PEC 02/2016, do deputado estadual Heitor Férrer (PSB), que pede a extinção do TCM através da unificação com o Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE). 

"É uma declaração irresponsável porque ele sequer fez uma análise de quanto custa o orçamento do Tribunal. Enquanto os ‘tatuzões’, que custaram o valor do orçamento do Tribunal do ano todinho, consomem mais de R$ 12 milhões por ano para estarem parados. Portanto, é uma irresponsabilidade do governador"

Segundo Domingos Filho, o apoio à extinção do TCM "é só porque o deputado Domingos Neto não se rendeu ao capricho do senhor Ciro Gomes, de quem o governador é capacho, de retirar apoio à candidatura do Sérgio Aguiar (PDT) à presidência da Assembleia".

Com informações do jornal O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família Aguiar Martins em Jantar de parabéns ao Deputado Agenor Ribeiro

No último final de semana, a família Aguiar Martins, participou de um almoço comemorativo, como Deputado Estadual, que representa o Cari...