quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Salitre sedia 2ª Circuito de Negócios do Cariri Oeste


Com a participação de autoridades estaduais, municipais, agricultores dos dez municípios que compõe a região do Cariri Oeste, lideres comunitários e representantes de entidades de classes, foi aberto ontem no município de Salitre, na região do Cariri Oeste o II circuito regional de negócios que deverá se prolongar até o próximo dia 29, no parque de eventos da cidade.
O evento visa movimentar toda a cadeia produtiva regional além de fortalecer o incremento e a geração do emprego e renda, e estimular a comercialização dos produtos da agricultura familiar otimizando a realização de bons negócios. A promoção é do projeto Paulo Freire, por intermédio do governo do Estado, através da Secretária de Desenvolvimento Agrário do Estado, Ematerce, Sebrae, organização não governamental Flor do Pequi, prefeitura municipal de Salitre, Casa Civil do governo do Estado, Sesc, Senar e demais instituições envolvidas.
O coordenador do projeto Paulo Freire na região do Cariri Oeste, Silvio Pinto Lima,  destacou que o circuito de negócios e a primeira feira da agricultura familiar que ocorre em Salitre, visa inserir os municípios no setor de comercialização tendo em vista ser importante movimentar a densa cadeia produtiva que tem a região do Cariri Oeste, e o município de Salitre, nesse contexto com a oferta de produtos para se gerar mais dividendos e empregos diretos e indiretos fortalecendo toda a economia regional.
Ele ponderá que nesse circuito deverá ser exposto todos os produtos derivados da mandiocultura, a ovinocaprinocultura, o artesanato que é produzido como forma de valorização dos produtos que temos, além de unir os produtores para que eles possam ter uma renda maior, possibilitando com isso um maior incentivo para que eles possam expandir os produtos dentro do esteio da comercialização até mesmo para outros estados circunvizinhos, esse projeto possa ser a base do sustentáculo de renda para a manutenção das famílias regionais, visto que o projeto Paulo Freire, já atua em quatro municípios do Cariri Oeste que são as cidades de Campos Sales, Salitre, Araripe, Nova Olinda e Assaré.Estão sendo investidos quase um milhão de reais, com treinamentos e capacitações aos produtores para que possam estar aptos a vender os seus produtos e ter uma produto com uma certificação de qualidade, visto que hoje, só o município de Salitre, está comprando algo em torno de 70 por cento nos produtos da agricultura familiar, e  esse circuito é para também incentivar os demais municípios a aderirem a esta iniciativa, e o dinheiro fique no município e rode dentro do comercio local como é o caso de Salitre, onde duzentos mil reais só de investimentos nesse programa ajudam a manter o comércio local, ou seja, quase um terço do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Todos os municípios do Cariri Oeste, deverão ser contemplados com a realização destes circuitos e com isso iremos atender algo em torno de mais 168 comunidades rurais, finalizou ele.
O prefeito Rondilson Ribeiro de Alencar, disse que a realização deste circuito de negócios, é uma oportunidade para se prospectar o desenvolvimento regional visto que está trazendo uma oportunidade para que os produtores rurais, possam fazer bons negócios, além de estimular a produtividade rural que há em nosso município, por meio de uma densa comercialização destes produtos que estão sendo expostos, além de ser um incentivo para que eles possam se reciclar através de oficinas e palestras concluiu o gestor.
O engenheiro agrônomo Francisco Rosa, coordenador do projeto refloresta Ceará, enfatizou que o circuito de negócios é uma oportunidade para que se traga a dignidade ao produtor rural, e o projeto refloresta Ceará está inserido dentro deste contexto porque ele vai possibilitar conscientizar os produtores, reafirmando ser possível os produtores terem uma oportunidade lucrativa.
Elias Antonio Albuquerque, produtor de farinha de mandioca, disse ser importante esse circuito porque traz mais incentivo aos produtores rurais, visto que vai proporcionar mais uma oportunidade de incentivo ao processo de comercialização da nossa demanda de produção, bem como procurar a nos qualificar e reciclar a fim de que possamos ter um maior conhecimento das novas tecnologias que diariamente surgem para introdução e qualificação a certificação dos nossos produtos, finalizou ele.
(Jornalista Amaury Alencar - Gazeta do Cariri) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Realizada em Campos Sales e Salitre, IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA

De 12 a 14 de dezembro, a unidade da URCA de Campos Sales, realizou a IV SEMANA DA MATEMÁTICA DA URCA, com o tema: A MATEMÁTIC...