quinta-feira, 30 de julho de 2015

Crateús poderá contar com voos regulares para a Capital

1O município de Crateús, localizado a 354km deFortaleza, poderá contar com voos regulares para a Capital cearense, a partir de agosto. As negociações para viabilização do projeto estão sendo articuladas pela prefeitura da cidade e a empresa de táxi aéreo Rota do Sol Aviação.
De acordo com o prefeito Mauro Soares, o projeto se tornará economicamente viável, mediante parceria do poder público da região. “A empresa quer garantir pelo menos 12 passagens por voo. Precisamos da adesão dos outros prefeitos, pois só para a prefeitura arcar fica pesado. Vamos continuar fazendo os contatos e trabalhar para que dê certo”, afirma o prefeito.
Segundo ele, até o momento, quatro prefeituras concordaram em cooperar com a cota definida pela empresa: as de Crateús, Novo Oriente, Tamboril e Ipaporanga. Conforme Soares, a proposta é que haja dois voos iniciais por semana – na sexta-feira e no domingo – pelo valor aproximado de R$ 340 (ida).
O município de Crateús, localizado a 354km de Fortaleza, poderá contar com voos regulares para a Capital cearense, a partir de agosto. As negociações para viabilização do projeto estão sendo articuladas pela prefeitura da cidade e a empresa de táxi aéreo Rota do Sol Aviação.
De acordo com o prefeito Mauro Soares, o projeto se tornará economicamente viável, mediante parceria do poder público da região. “A empresa quer garantir pelo menos 12 passagens por voo. Precisamos da adesão dos outros prefeitos, pois só para a prefeitura arcar fica pesado. Vamos continuar fazendo os contatos e trabalhar para que dê certo”, afirma o prefeito.
Segundo ele, até o momento, quatro prefeituras concordaram em cooperar com a cota definida pela empresa: as de Crateús, Novo Oriente, Tamboril e Ipaporanga. Conforme Soares, a proposta é que haja dois voos iniciais por semana – na sexta-feira e no domingo – pelo valor aproximado de R$ 340 (ida).O povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...