sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Segundo estudo, poluição aumenta o risco de Alzheimer



Mulheres que vivem em regiões muito poluídas correm maior risco de desenvolver Alzheimer. De acordo com um estudo publicado no periódico científico Translational Psychiatry, a probabilidade de desenvolvimento de demência é ainda maior naquelas que são portadoras da variante genética APOE-e4, que já é um importante fazer de risco para a doença. As informações são do jornal americano LA Times.
Poluição e risco genético
No estudo, pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, acompanharam, ao longo de dez anos, a saúde cognitiva de mulheres com idade entre 65 e 79 anos. Os resultados mostraram que as participantes portadoras da variante genética APOE-e4 corriam um risco três vezes maior de desenvolver Alzheimer se estivessem expostas altos níveis de poluição do ar, em comparação com aquelas que não carregam o gene.
Entre as participantes que tinham a variação genética, aquelas que viviam em áreas com muita poluição tinham uma probabilidade quatro vezes maior de apresentar algum tipo de declínio cognitivo – perda mensurável de memória e pouca habilidade de raciocínio – do que aquelas que respiravam um ar mais limpo.
Para uma análise mais completa dos possíveis estragos que a poluição pode causar no cérebro, além do acompanhamento das mulheres, os pesquisadores também realizaram experimentos em laboratório com cobaias e tecidos cerebrais. Os resultados mostraram que a exposição às partículas emitidas por motores, usinas de energia e queima de produtos de biomassa, como a madeira, aumenta não só os sinais comportamentais clássicos da demência, como desorientação e perda de memória, mas também suas características menos óbvias, como aumento de proteína beta amiloide e morte de células no hipocampo do cérebro, um centro-chave para a formação de memória.
(Veja Saúde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estrada Crato – Nova Olinda em Obras: Novas rotas alternativas serão liberadas nesta quinta

by amaury alencar Por conta dos serviços de reforma e ampliação da estrada Crato – Nova Olinda (CE 292), os condutores de veículos automo...