terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

88,7% se aposentam por idade no Ceará




Quase nove em cada dez trabalhadores no Ceará se aposentaram quando atingiram a idade mínima de 65 anos para homens e de 60 anos para mulheres, sem completar os 30 anos de contribuição necessários para requerer o benefício. Os dados, relativos a 2014, são da Secretaria da Previdência Social. Com as dificuldades de grande parte da população, principalmente os mais carentes, em conseguir postos de trabalho formais, essa é a única maneira para muitos de conseguir a aposentadoria.
Conforme matéria da Folha de S. Paulo publicada ontem, a ampliação do tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 25 anos, proposta pelo projeto de Reforma da Previdência do Governo Federal, afetaria 79% dos aposentados por idade no País. A reportagem mostra que 60% das aposentadorias por idade concedidas de janeiro a dezembro de 2015 foram para trabalhadores que não chegaram aos 20 anos de contribuição, e 79% haviam contribuído menos que os 25 que serão exigidos.
A mudança deve atingir sobretudo as camadas sociais mais pobres, uma vez que estão mais sujeitas ao trabalho informal e, portanto, têm menos tempo de contribuição. Ainda segundo a Folha, o valor médio dos benefícios (R$ 890) é menos da metade do pago, em média, aos que deixam o mercado pelo critério do tempo de contribuição (R$ 1.825) e também é majoritária nos Estados mais pobres do País.
Proporção
De acordo com dados da Secretaria da Previdência Social, em comparação aos demais estados do Nordeste, o Ceará é o quarto com maior proporção de aposentados por idade, ficando atrás do Maranhão (95,7%), Piauí (94,3%) e Paraíba (89%). Em relação ao restante do País, o Ceará fica em 11º lugar, atrás também de Tocantins (96,5%), Rondônia (96,1%), Roraima (95,1%), Acre (92,6%), Mato Grosso (91,1%), Amapá (90,3%) e Pará (90,2%).
A média de aposentados por idade no Brasil é de 66,5%. Entre os que tem menor proporção de aposentadoria por idade estão os estados do Rio de Janeiro (43,8%), São Paulo (44,7%), Santa Catarina (51,5%), Rio Grande do Sul (55,7%) e Distrito Federal (61%). (Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Matéria   14:12:00     Brasil O Ministério da Fazend...