quinta-feira, 15 de dezembro de 2016


Nova alíquota previdenciária: Camilo garante que servidores da educação não serão prejudicados   


    
O governador Camilo Santana apareceu de surpresa na manhã desta quarta-feira no seminário Gestão Educacional, promovido pela Secretaria da Educação (Seduc), no terminal do Porto do Mucuripe, e que reúne 900 gestores da educação do Estado. Na ocasião, Camilo anunciou que os servidores da educação não serão prejudicados com o aumento da contribuição previdenciária, que passou de 11% para 14%.
“Vocês, professores, não serão prejudicados com esse aumento da contribuição dos servidores. Vamos compensar aqueles servidores da educação que forem prejudicados. No meu governo, a área da educação é sempre prioridade e não será prejudicada”, assegurou o governador. Segundo ele, o aumento da contribuição será realizado em três anos, sendo 1% ao ano.
O governador afirmou que o Governo do Estado estuda uma forma de benefício para compensar a perda dos servidores da área. A mensagem que disciplina a nova alíquota previdenciária começou a tramitar na Assembleia Legislativa. O Estado aumenta, também, a própria alíquota de contribuição, que passa de 22 para 28%. O Secretário da Fazenda, Mauro Filho, considera que se não houver o realinhamento nos recursos destinados ao fundo previdenciário as despesas tendem a aumentar, comprometendo, assim, no futuro, o custeio da máquina pública.
Hoje a pasta da Educação conta com cerca de 25 mil profissionais. O seminário é presidido pelo secretário Idilvan Alencar.
Segue abaixo sonora com o governador do Estado, Camilo Santana
Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Petrobras anuncia revisão de reajustes no preço do gás

Após a disparada nas cotações do gás de cozinha – que subiram 84% para os distribuidores só este ano, dos quais 70% desde o início de junho ...